Resenha #5 | Não Olhe Para Trás

por - agosto 22, 2015

Título: Não Olhe Para Trás    
Título Original: Don't Look Back 
Autora: Jennifer L. Armentrout 
Editora: Farol Literário
Páginas: 440
Ano: 2015
Classificação: 
Sinopse: "Samantha é uma jovem de 17  anos rica e popular que, depois de passar quatro dias desaparecida, retorna ferida e desmemoriada. A nova Samantha não se reconhece no retrato de menina má e mimada que todos à sua volta começam a pintar. E logo descobrirá que foi a última a ver Cassie, a garota com quem mantinha uma relação confusa de amizade e rivalidade e que desapareceu no mesmo dia que ela. O que aconteceu na noite fatídica em que as duas sumiram? E por que Samantha foi a única a reaparecer? Não olhe para trás é um daqueles suspenses que só paramos de ler para tentar nos antecipar à autora e descobrir qual é o mistério."


Opinião: A primeira coisa que pensei ao terminar esse livro foi "ai meu coração!". Gente, quanta emoção! Se estão atrás de um mistério, com uma pitada de romance, este é o livro perfeito. Entrou para minha lista de favoritos. Mas primeiro, vamos aos personagens. 

O livro tem como personagem principal Samantha ou Sam, é uma típica patricinha, linda e cruel, com seguidoras loiras-monstros e tudo mais que vem no pacote. Tem um irmão gêmeo, Scott, que eu achei tudo de bom. Por fim temos Carson que é o cara dos sonhos de qualquer um. Até aí entendemos, mas já no começo da trama nos deparamos com a Sam toda ensanguentada em uma rua deserta e sem memória alguma. Ela não lembra de nada, nem do seu nome. 

"O buraco sem fundo na minha cabeça continuava igual. Vazio. Vasto. Todas as minhas lembranças desapareceram, foram roubadas. Era como um estupro, só que não havia ninguém a quem atribuir o crime."

Ao ser levada para o hospital, se reencontra com seus pais, mas não lembra nada deles. Após isso ela conhece seu namorado perfeito Del, com o qual tem um namoro aparentemente perfeito também, como ele mesmo afirma várias vezes no decorrer do livro. Isso por si só já nos deixa saber que tem alguma coisa por trás de tanta perfeição. 

Enfim, o problema é que ela havia ficado desaparecida por quatro e dias e não só ela, mas sua melhor amiga Cassie também! Só que Cassie não voltou como ela e Sam foi a última pessoa a vê-la antes do desaparecimento, ou é o que parece. O problema é que Sam não possui mais suas memórias, de modo que ficamos super apreensivos e ansiosos para saber o que aconteceu com elas naquela noite fatídica.

Ainda assim, Sam não poupa esforços para tentar descobrir o que ocorreu com sua melhor amiga, mas acaba descobrindo que tanto ela como Cassie eram duas víboras, as quais pelo menos metade da escola queria ver morta e isso acaba dificultando as coisas. 

"Não havia como entender mal os olhares que me lançavam na sala de aula ou no corredor. Olhares desconfiados e acusadores. Era provável que minha reputação fosse tão assustadora que as pessoas acreditassem que eu era capaz de fazer algo horrível com a Cassie. Eu não queria pensar nisso, mas uma parte bem pequenininha de mim tinha medo.”

Além disso, ao ser relembrada dos fatos de sua antiga vida, Sam descobre que não quer ser mais como era e começa a se reconstruir, de uma forma melhor. Isso, por si só é muito legal, pois vemos como a personagem se descobre e como desgosta disso, lutando com todas as forças para reparar tanto mal feito antes.

Com o decorrer dos fatos, a medida que Cassie parece se lembrar de fragmentos daquela noite, ela vê sua vida correndo risco, pois descobre que as duas não estavam sozinhas, mas havia uma terceira pessoa. Mas até ela ter certeza disso, acaba por pensar estar ficando louca, vendo coisas e sentindo como se esta terceira pessoa estivesse lhe perseguindo.

E realmente, essa pessoa misteriosa acaba por não querer que Sam descubra o que realmente aconteceu naquela noite e faz de tudo para que o mistério não seja resolvido, tanto que Sam acaba por quase ser morta mais de uma vez no decorrer da história. É totalmente angustiante!

"Não olhe para trás. Não vai gostar do que encontrará."

Sinceramente? Não parei de ler por um minuto até descobrir quem era o assassino misterioso. Gostei muito da construção da história, pois em momento algum deixa transparecer quem é realmente o assassino, pelo contrário, nos faz desconfiar de quem menos esperamos e ainda sim é uma tremenda surpresa (e um susto!) quando os fatos verdadeiros realmente se revelam. 

Ademais, devo mencionar que adorei a Sam, ela é forte e decidida, ao mesmo tempo consegue ser boa, além de inteligente. Adorei também o Carson, é muito honesto e certo, realmente me apaixonei por ele. 

Por fim, perceberam que coloquei várias citações também, não? Fiquei tão animada com essa leitura que queria compartilhar tudinho, mas assim acabaria com o tão aclamado clímax que garanto que não se arrependerão de vivenciar!

É isso gente, realmente recomendo a leitura, não irão se arrepender!
Beijinhos.

♥ Você também vai amar:

11 comentários

  1. Sua resenha realmente me convenceu, imagino que esse livro seja muito bom! Tenho certeza, irei le-lo <3
    Um beijo, e muito sucesso a esse blog lindo!


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro ótimo, leia! Obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Já li esse livro, eu gostei de verdade. Vale à pena!

    ResponderExcluir
  3. Não gostei desse livro e nem curto esse gênero!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cada um tem um gosto né, mas garanto que o livro é realmente bom e a leitura vale a pena, até para aqueles que não curtem muito mistério e suspense. Mas ainda assim, obrigada pela opinião!

      Excluir
  4. Parece ter uma pegada teen, mas gosto de livros assim. Vou anotar aqui a recomendação!

    www.allthingsblue.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, então que bom que gosta, seria ideal pra você !
      Beijos e obrigada pela visita <3 !

      Excluir
  5. Já faz um tempo que eu estou interessada nesse livro, e após ler sua resenha, só aumentou minha vontade de comprá-lo, haha. Beijos!

    Duas Livreiras

    ResponderExcluir