Resenha #6 | Veiled Innocence

por - agosto 30, 2015

Título: Inocência Velada
Título Original: Veiled Innocence
Autora: Ella Frank
Editora: Amazon Digital Services
Páginas: 300
Ano: 2014
Classificação: 
Sinopse: "Tick, tick, tock. Tempo. Isso é tudo que tenho agora. Uma pequena sala, uma fotografia e tempo. Eles querem que eu confie neles e confesse meus pecados. Eles me disseram que não me julgariam - eles mentiram. Pensei que nós poderíamos convencer o mundo que isso não era um crime. Estávamos errados. O tempo não para. O relógio continua correndo, o mundo não está convencido e agora... Agora ele se foi."





Opinião: Este livro me encantou primeiramente pela capa. Sei que ninguém deve julgar um livro por isso, mas admito que quis lê-lo pela capa, antes mesmo de saber do que se tratava a sinopse. 

Primeiro, vamos aos personagens, Addy é uma estudante, linda e aparentemente perfeita. É a mais popular, estrela do time de atletismo da escola e tem o namorado que todas querem. Mas ela possui uma defeito: está quebrada por dentro. Pelo menos é assim que ela se descreve. Ela se culpa pela morte de seu irmãozinho Daniel. É por esse motivo também que ela é obcecada pelas horas, pelo tick tack do relógio, isso a acalma. 

Addy possui uma mãe ausente que somente se preocupa em manter as aparências e um pai alcoólatra que a culpa diariamente pela morte do irmão, inclusiva a agride por isso. Mas nada disso a faz quebrar a imagem de menina perfeita que ela passa para o mundo. 

É aí que entra seu novo professor de história, Grayson. Ele é diferente dos professores comuns, é mais novo e Addy imediatamente sabe que ele vai ser dela. É a partir daí que ela começa a persegui-lo, mas o professor a afasta a todo momento, mesmo estando tão obcecado por Addy quanto ela nele.

Para Grayson, Addy é a imagem da perfeição e ele precisa tocá-la, mesmo que isso seja errado. O romance dos dois toma proporções épicas e eles acabam descobrindo que necessitam um do outro, como precisam de ar para respirar. Grayson faz o tempo parar para Addy e ela é a salvação e a perdição dele.

"Flertar para mim era tão natural quanto respirar e eu sempre fazia questão de obter toda a atenção quando isso acontecia. Como campeã de corrida na escola, eu buscava a perfeição e gostava de ver os resultados dos meus esforços. Eu era o seu modelo, uma pessoa para admirar - e odiar."

O único que sabe que algo está acontecendo é psicólogo de Addy, que ela chama de Doc. No decorrer do livro vemos que ele não é somente um psicólogo, mas acaba sendo o amigo que Addy nunca imaginou que teria. 

Logicamente, os dois são descobertos em algum momento da história e são obrigados a se separar, motivo pelo qual Addy acha que está sozinha no mundo e não vê mais razões para buscar sua felicidade, pois todos que ela se importava se foram.

A história se passa intercalada entre os dias em que Addy passa na clínica psiquiátrica em que está internada e no passado, contando como o romance dos dois começou e terminou. É toda narrada em terceira pessoa, também se intercalando entre o ponto de vista de Addy e Grayson.

A personalidade de Addy é marcante, como se percebe pelo decorrer da história. Ela busca o que quer e sempre consegue, mas suas cicatrizes são tão profundas que em muitos momentos vemos que essa sua capa de garota invencível é só um disfarce para seu verdadeiro eu, que é solitário, tem medo e muito inocente.

Admito que este clichê acabou por me agradar, mas não me surpreendeu. O final foi previsível e o romance deles acabou por não passar de sexo desenfreado, sendo que, somente em alguns momentos conseguíamos ver que estavam realmente apaixonados. Tirando isso o livro todo poderia se justificar pela simples vontade que os dois tinham de dormir um com o outro e eu esperava mais. 

Talvez se a autora adicionasse um pouco mais ao final poderia ajudar, mas me pareceu fraco e, como já mencionei, previsível. Recomendo a leitura, mas não entrou para minha lista de preferidos.

É isso lindos leitores, deixem a opinião de vocês também! Até a próxima resenha!

♥ Você também vai amar:

18 comentários

  1. Gostei da resenha, o livro parece ser legal e essa capa ta incrííível!
    Me identifiquei quando você contou sobre a personalidade da Addy... me vi nela kkk.
    Beijoos!

    http://alvoreci.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E não é? Por isso quis ler primeiro pela capa haha *-* Sério? Que mááximo, nunca me identifiquei com um personagem assim :C Obrigada pela visita! <3

      Excluir
  2. A capa é realmente muito linda. Para quem gosta de romance esse livro com certeza deve fazer parte da coleção. Ótimo texto.

    blogcoisastriviais.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Imagino que seja uma história bem legal, até porque é um pouco clichê isso e eu adoro coisas do tipo, apesar de estranho.

    ResponderExcluir
  4. Admito que eu também sou assim. Geralmente começo a ler um livro por causa da capa que me chama a atenção, e assim continuo. Mas, apesar disso, me decepcionei tantas vezes sendo incitada por capas fofas, mas o conteúdo bem ruim ! Enfim, tenho certeza que eu adoraria ler esse livro, até porque a história deve ser legal e a capa é lindaa!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Todas somos, não é? Leia mesmo, não irá se arrepender!

      Excluir
  5. Você não imagina como eu tô ansioso pra ler esse livro *-*
    Já é o próximo da minha listinha !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa lista deve estar enorme né haha! Leia mesmo! Obrigada pela visita!

      Excluir
  6. Me identifiquei muito com Addy em "Addy é uma estudante, linda e aparentemente perfeita." Acho que esse é um bom motivo pra eu ler esse livro
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é ótimo se identificar assim! Leia mesmo, garanto que adorará!

      Excluir
  7. Ow, achei interessante viu, nunca encontrei u m livro que retratasse romance entre aluna e professor, e agora fiquei curiosa.

    http://www.blogminhaspalavras.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, que bom que se interessou! Leia mesmo, irá adorar! Obrigada pela visita! <3

      Excluir
  8. Flertar para mim era tão natural quanto respirar e eu sempre fazia questão de obter toda a atenção quando isso acontecia
    Niahahaha essa parte parece interessante :3
    http://diariodelolivlet.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pode ter certeza *-* tem mais alguns trechos mto legais, mas não quis encher de quotes para não tirar o gostinho de vocês lerem e verem tudo <3

      Excluir
  9. A capa é muito bonita, mas... Nah, não o tipo de livro que costuma me agradar, mas sua resenha está ótima, e depois de lê-la pelo não vou cometer o erro de comprar só pela capa xD

    Tem sorteio lá no blog, participe! (∩˃o˂∩)♡
    ♥ Rendas e Doces

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muito obrigaada, fico feliz que tenha gostado! É sempre bom pesquisar à respeito do livro antes de compra-lo mesmo.
      Eu vou correndo lá, beijinhos !

      Excluir