Resenha #15 | Ball Jointed Alice

por - novembro 29, 2015

Título: Ball Jointed Alice - Uma História de Amor e Morte
Autora: Priscilla Matsumoto
Editora: Draco
Páginas: 228
Ano: 2015
Classificação: 
Sinopse: Sexy. Emotiva. Humana. Essa é a história da boneca Alice. Frank é um homem sem esperança nenhuma. Um punk com um passado insano que, numa manhã de ressaca, acorda com uma boneca lhe desejando bom dia. Ele sabe bem quem é essa boneca e como ela se chama. Alice é uma ball jointed doll criada por Frank em seu projeto mais ambicioso: recuperar as memórias e os sentimentos por uma louquinha de mesmo nome. Mas ao tentar puxar a linha da lembrança do embolado novelo que é o passado, Frank acaba puxando a linha da tragédia. Acompanhado por seus antigos companheiros de hospício: a gothic lolita Tay, o estudante de direito Shin e a sociopata Emi, ele se envolve em um plano de vingança contra o hospital que os massacrou a alma e levou Alice à morte. Ball Jointed Alice – Uma história de amor e morte é um sensível romance de Priscilla Matsumoto. Flutuando entre a melancolia e o erotismo, esse é um relato cru de uma juventude cínica que parece perdida, mas que sabe demais sobre a natureza do mundo para não desistir dele.

Opinião: Bom, como o próprio título já diz, trata-se de uma história de amor e morte. Entretanto, não vemos nitidamente o amor e a morte como coisas distintas, elas se misturam cruelmente, lindamente nesse trama. Ao lê-lo vi que o amor é uma coisa subjetiva, podendo facilmente ser manipulada e entendida de modo macabro. O que é amor para você? Para os personagens desse romance o amor é uma coisa doentia, triste e linda, que se mistura com lágrimas e sangue.

Toda a história gira em torno de vários personagens, todos oriundos de um hospício, que buscam vingança contra aqueles que lhes torturaram, fisicamente e mentalmente. É como uma versão doentia de Alice no País das Maravilhas. 

Temos como personagem principal Frank, que é um viciado em sexo e café, um punk insano que foi abusado sexualmente pelos pais desde a infância. Sua única forma de interagir, seu modo de demonstrar 'amor' é por sexo. Em segundo plano temos Alice, outra interna do hospício que, como todos, tem sua quota de abusos e traumas. 

"Alice não era louca. Ela somente havia desmontadoo aquilo que gente 'saudável' chamava de 'realidade'; [...] Por isso Alice teve de desmanchar a si mesma."

Após Alice se matar no hospício, Frank cria uma boneca, esculpida e inventada para ser sua cópia, a segunda Alice, com a diferença de que esta lhe pertencia e nunca lhe abandonaria. A ball jointed perfeita. Alice é uma boneca com vida, pelo que entendi, ela criou consciência pela pura vontade de Frank de que ela fosse real, sua vontade a transformou. 

"É até irônico ser assim cheia de vida, se ela é feita de não vida."

Toda a narrativa é feita pelos pensamentos de Frank, ele associa sua vida com a história de Alice no País das Maravilhas, inclusive, misturando a realidade com sua imaginação. Por vezes vi-me perdida no meio de seus pensamentos, até entender que se tratava da sua pequena parte de fantasia interna. 

"Só podia ser meu filho. Meu Gatinho de Cheshire."

A história, de fato, começa quando Tay planeja matar todos do hospício, como uma espécia de vingança sangrenta. Então entra seus outros colegas, Emi e Shin. Alguns outros personagens aparecem eventualmente, mas estes foram os que mais me chamaram atenção.

"Tentei imaginar Tay segurando uma arma, mas a visão era bizarra demais [...]. Era quase uma deusa pop da vingança, um antissonho romântico imerso de sangue e luxúria."

Na companhia da boneca Alice, todos planejam como será a tão esperada vingança. Inicialmente vemos relutância, mas ao final vemos que todos, no fundo, querem tanto quanto Tay calar todo o tempo de sofrimento e dor que passaram ali, de preferência com muito sangue e sofrimento. 

A primeira coisa que me chamou atenção também, foi a nomeação dos capítulos, todos voltados para Alice e cada um descrevendo algo que ela havia aprendido: 'Quando Alice aprende a olhar de soslaio', 'Quando Alice aprende a beijar', e assim em diante. Realmente, a cada capítulo vemos a boneca aprendendo algo, cada vez sendo mais humana - na medida do possível. Ao final entendi que quem aprende tudo isso, na realidade, é Frank, pois Alice é seu espelho.

A autora também não poupou os palavrões e expressões pesadas, até porque seria estranho ver pessoas abusadas, insanas e viciadas sendo educados e agirem como todos. As cenas de sexo são casuais e frequentes, uma vez que é a única forma que Frank consegue interagir e se comunicar. 

Realmente me senti perdida em alguns momentos, não por falta de entendimento, mas por estar tão profundamente na mente dos personagens. O mundo paralelo deles se mistura por vezes à realidade e quando voltamos à superfície é como se estivéssemos submersos sem ar no mundo maluco de Alice. 

"Não vou falar mais sobre você Alice. Não vou mais sentir essa dor e esse frio, muito menos desejar um passado glorioso quando eu sei que a glória é um engodo. [...] É mentira que os bons morrem jovens? Você era uma criancinha, Alice. [...] Vamos adormecer juntos e, se eu conseguir matar o amanhã, você estará viva."

A diagramação está perfeita, sempre com citações nos inícios dos capítulos. As páginas amarelas facilitam muito a leitura. Realmente recomendo, mas desde já aviso, se quiser mergulhar em sombras, loucura, morte e amor, é o livro certo, mas não pense que será fácil, pois nos carrega de emoções conflitantes, tristeza e, no fim, esperança. Até agora estou meio espantada, pois nunca havia lido algo parecido, a autora realmente soube criar um mundo perfeito (na medida de sua imperfeição) e nos surpreender.

"O amor é onde dói. É lá onde fere, onde falta, onde você enxerga tão bem os caquinhos de si, cortantes e espelhados, suspensos na sua alma imaginária."

Devo admitir que a leitura me arrancou o coração. Vi-me com ódio, amor, tristeza e tudo mais. Ver os sentimentos de pessoas quebradas nos faz pensar em como somos normais. Essa não é uma leitura normal, ela é intensa e te faz viver aquele sofrimento, aquele mundo paralelo a nossa realidade.

Espero que tenham se interessado e garanto que irão se sentir exatamente como eu. Não irei dar mais detalhes da história, pois é uma coisa que tem de descobrir sozinhos, mas já adianto, é incomparável e único.

Até a próxima queridos leitores, beijos!





♥ Você também vai amar:

35 comentários

  1. Olá!
    Que sinopse interessante... nunca li nada da Editora Draco.
    Daria uma chance a esse livro!
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Essa é nossa primeira resenha de um livro da editora Draco e te garanto que é uma boa história. Dê uma chance sim!

      Excluir
  2. Confesso que a capa me desanimou um pouco, mas pela resenha a história parecer ser interessante!

    simplesmenteassimj.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério mesmo?! Achei a capa tão fofa e, aliás, foi por isso que me interessei mais pelo livro. E a história é bem interessante sim, vale a pena ler.

      Beijos

      Excluir
  3. Olá!
    A Editora Draco está sempre nós surpreendendo com ótimas obras.
    Amei a capa, a sinopse e principalmente a sua resenha.
    Beijokas!
    http://viciadaporlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, sempre mesmo, né!
      Obrigaada, é bom ver que gostou! *-*

      Beijos!

      Excluir
  4. Nunca tinha ouvido falar nesse livro e ao olhar a capa pensei que não gostaria muito, mas a sinopse e a resenha me deixaram interessada! Parece ser um daqueles livros que te prendem mesmo, fiquei com vontade de ler!
    Um beijão,
    Gabi do likegabs.blogspot.com ♡

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, mas a capa é tão linda! Bem, eu garanto que vai te convencer.

      Beijinhos <3

      Excluir
  5. Oi
    não conhecia esse livro, a sinopse é interessante só que mesmo assim não despertou a vontade de ler, mesmo depois de ler a resenha. Pelo menos você gostou dessa história.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. awn, sério? Não faz mal, cada um com seus gostos né! Mas a editora tem várias outras obras, viu!

      Excluir
  6. Oi, tudo bem?
    Já conhecia este livro, uma vez que sou parceiro da Draco, mas não sabia muito do que se tratava.
    De inicio, eu não gostei tanto do livro, mas ao ler sua resenha a coisa foi melhorando até que me interessei. Vou procurar ler mais resenhas e, quem sabe, ler este livro futuramente.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso! Que bom que gostou! leia mesmo, garanto que gostará!!

      Excluir
  7. Não conhecia o livro ainda e pela sinopse achei ele bem diferente. Dica anotada, ainda mais que a classificação recebeu diversos <3
    Bjs
    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, ele é totalmente diferente de tudo que já li, acho que por isso me prendeu bastante! Obrigada pela visita!

      Excluir
  8. Eu comecei a ler essa sinopse fazendo "owwwwwnnnn" e terminei com um WTF e querendo pra ontem esse livro na minha estante.
    Confesso que o catálogo da Draco não me chama muito atenção, mas me interessei muito por esse aqui.
    Beijos
    Balaio de Babados | Participe da promoção Natal do Babado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é totalmente assim que nos sentimos, por isso é tão legal! Ah, dê uma chance, tem vários livros lá que me dá muita vontade ler, tenho certeza que gostará também! Beijos

      Excluir
  9. Só uma coisa a dizer: UAU. Acho que a autora teve muito muito jogo de cintura para escrever esse livro porque certamente eu me perderia. São várias e várias ações que se desencadeiam em uma só. E o personagens aparentam ser tão melancólicos que nem precisei ler para perceber. Me conquistou.

    beijo,
    paraisodemenina.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim! É totalmente essa sensação que temos, a autora soube escrever muito bem e isso nos pega de jeito! Que bom que gostou!

      Excluir
  10. Oie,
    não conhecia, mas achei bem legal!
    Vai para a lista de desejados

    bjos
    http://blog.vanessasueroz.com.br

    ResponderExcluir
  11. Uau, fiquei intrigada com esse livro, parece interessante e me cativou muito!
    Beijooos, já anotei para ler!
    http://onlypoison1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leia mesmo, viu!
      Obrigada pela visita, beeijos <3

      Excluir
  12. Nossa achei a resenha maravilhosa e nunca li um livro com essa premissa, é muito interessante mesmo, assim que puder darei uma chance!
    Já estou seguindo e amando o blog <3
    http://vorazesleitoras.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou!
      E obrigada por nos acompanhar <3
      Beijos

      Excluir
  13. Ooi! Eu consegui gostar muito de Ball Jointed Alice a partir da resenha. Por ser um livro que eu não conhecia depositei poucas expectativas nele, mas me surpreendi da forma como você falava que a narrativa representa o amor como doentio e as pessoas do hospício possuem sede de vingança. Gostei!
    Blog: Consumidor de Sonhos | consumidordesonhos.blogspot.com.br
    Instagram: Consumidor de Sonhos | CdS

    ResponderExcluir
  14. Nossa, eu via esse livro e não dava nada por ele, acredita! Mas gostei bastante da sua resenha, já vou adicionar ele na minha lista de leitura!

    Beijos,

    http://sweetlikecaramel.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Olá!
    Não conhecia o livro, mas depois que li essa resenha fiquei louca para conhecê-lo melhor.


    Beijos,
    whoisllara.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ótima novidade, não é?! Procure ler sim!

      Beijos <3

      Excluir
  16. Oi, tudo bem?
    Que lindo, achei bem interessante e fiquei afim de ler *-*
    bj

    @saymybook
    saymybook.blogspot.com

    ResponderExcluir
  17. Não sou muito fã de livros assim, mas não custa tentar ler se vai gostar né?
    Adorei a sua resenha, lendo sua opinião fiquei com mais vontade de quebrar o preconceito e ler.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  18. Resenha maravilhosa amei a dica do livro
    Blog:http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  19. Gostei demais da sua resenha, muito bem explicada, fácil de compreender a história do livro. E gostei sabe? Senti que esse livro mostra a verdadeira realidade da gente, não é como a Alice no país das maravilhas, já que eu acho que a vida de ninguém é completamente maravilha.
    Eu confesso que fugo de ler livros com temas meio fortes, como abuso sexual, amor que é usado de outras maneiras não muito boas, etc. Porque acabo associando com algo que aconteceu na minha vida e ai eu choro a beça. hehe
    Mas, vou me esforçar e tentar ler nas minhas férias porque nesse mês não terei tempo por causa do semestre da facul que está na reta final. =/
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  20. Essa é uma história interessante, me deixou bastante curiosa. Não sei se por ter uma boneca, e eu gostar tanto delas. Ou pelo enrendo mesmo que é bem sinistro. Ótima resenha!

    Beijos,
    Pri
    http://www.vintage.com.br

    ResponderExcluir
  21. Olá tudo bem?
    Obrigada pela visita.
    Gostei do post essa historia parece ser meia macabra, só lendo mesmo para entender
    mas gostei da capa bem legal.
    Beijos!!!
    http://bemcandy.blogspot.com.br

    ResponderExcluir