Resenha #24 - Inverso

por - fevereiro 12, 2016

Título: Inverso
Série: Inverso, vol 1
Autora: Karen Alvares
Páginas: 136
Editora: Draco
Classificação: /5
Sinopse: Lá no fundo, Megan não quer ser quem é e nem viver essa vida triste, exatamente o inverso daquela que sempre sonhou para si. Tudo começa com a morte de sua mãe. A sensação terrível de que algo nunca mais vai ser como antes. E não será mesmo. O seu único alento é o carinho da irmã, que a vê como o que gostaria de ser quando crescer. Mas há um novo mundo do outro lado dos espelhos. Um mundo igual ao seu, só que ao contrário. Um mundo perfeito onde as pessoas que morreram estão vivas e Megan é exatamente a garota que deveria ser. Entrando nessa realidade pelo avesso, Megan começa uma perigosa busca por si mesma onde o reflexo de tudo que há de ruim tentará detê-la. Enquanto segue em frente ela deverá garantir a segurança das pessoas que mais ama. Inverso é um romance cheio de suspense de Karen Alvares, autora de Alameda dos Pesadelos. Em um labirinto de escolhas sem poder sequer distinguir a própria imagem, Megan deverá lidar com a perda enquanto descobre quem é a garota que a encara no espelho.



Opinião: O que dizer de um livro que te pareceu ser algo informal e descontraído, mas que te surpreendeu muito mais do que esperava? Pois bem, exatamente isso. Karen Alvares conseguiu abordar sentimentos profundos em uma história jovem e linda, simplesmente surpreendente. Vamos aos personagens:

Temos Megan, uma adolescente com cabelos roxos que ama muito seu pai, sua irmã e seu melhor amigo Daniel. Já começamos a história com a tristeza de Megan mascarada de compreensão com a mudança que está prestes a fazer de casa. O motivo? Sua mãe falecida e uma expectativa de uma nova vida. 

Ela sofre, mas como acabou virando "a mulher da casa", Megan acaba mascarando seu sofrimento, a fim de diminuir o sofrimento de seu pai, Renato e sua irmã, Mina. Ela vê que ele se esforça em dar o melhor para elas, mas como ser feliz quando falta o coração da sua família? 

Daniel é seu porto seguro, por assim dizer, ele é seu companheiro para toda hora e o que faz Megan não se sentir tão sozinha. Ele também é aquele que insiste insistentemente (haha, assim mesmo) em ajudar Meg na mudança, para que não fique sozinha ao ter que de embalar e decidir o que fazer com as coisas da sua mãe.

As coisas começam a ficar estranhas após Megan começar a mexer nas coisas de sua mãe e então começar a ter alucinações. Ela se vê no espelho, mas totalmente diferente. Uma Megan diferente que lhe dá arrepios. Mas a situação vai envolvendo Megan ao ponto de ela ir para o outro mundo. O mundo de Megami.

O espelho, antes tão sólido, agora borbulhava ao seu redor, brilhando tanto que seus olhos estavam ofuscados pela luz. E Megan foi forçada a mergulhar em suas profundezas brilhantes e desconhecidas.

Do outro lado do espelho, Megan vê sua vida totalmente inversa. Sua mãe está viva, mas infeliz, seu pai é um cara frio que nem dá as caras em casa, sua irmã é irritante e Megan é uma pessoa totalmente diferente, magoada, ressentida, mimada e que tem ódio de sua família. A felicidade em ver sua mãe viva se torna um terror ao ver que Megami é uma pessoa cruel. E ela está presa naquele mundo.

Exausta, Megan fechou os olhos pelo que pareceram cinco minutos.
Quando os abriu de novo, o reflexo no espelho tinha cabelos longos e loiros.
Não era a imagem de Megan que a olhava de volta no espelho.
Era a imagem de quem ela deveria ser.
.
Buscando soluções, jeitos de voltar para seu mundo, Megan corre contra o tempo e luta dentro de si mesma para tomar controle e consertar as coisas. Mas o que fazer com a proposta tão tentadora de Megami? Trocar de famílias, de mundo? Megan aguentaria? Qual a real intenção de Megami com isso? Uma coisa é certa, Megami é má e deve ser parada.

Megan não conseguia dizer. Era como se Megami fosse uma casca vazia que funcionava no modo automático enquanto Megan estava ali dentro, presa, observando e sentindo, mas incapaz de dizer ou fazer qualquer coisa.

A trama toda é narrada em terceira pessoa, o que é interessante, mas prefiro em primeira pessoa, pois dá mais intensidade a história. De toda forma, não prejudicou em nada o brilhantismo da obra, trata-se somente de meu ponto de vista.

A autora conseguiu com sua narrativa transmitir a angústia, o peso de Megan, sua tristeza profunda e interior, a qual ela empurra para fazer sua família feliz. Após isso sentimos de fato o desespero dela em ver sua família ali na sua frente, mas de forma errada, ela sonhava com isso, mas a realidade é um terror e nada menos.

Ela observou os azulejos brancos com flores; eles davam uma sensação de lar à cozinha, um ar de tranquilidade. Megan, no entanto, sentiu o pensamento que passou pela cabeça de Megami: era tudo mentira.
Aquele lar, aquela família, tudo.

O livro é todo tenso e devo avisar que no final você também estará carregada de tensão. Como se trata de uma série, vemos que muito há por vir e a ansiedade se duplica com isso. Megan descobre segredos, há reviravoltas e tudo mais que tem direito. 

A capa é linda, sem mais comentários. Como li no formato para kobo, não pude analisar realmente a diagramação, capa e afins, mas por lá mesmo vi que a história toda está muito bem organizada, sem erros de gramática aparentes. 

Por fim, um elogio novamente a autora por ter conseguido um ótimo desenvolvimento em sua obra, apesar de ser um livro curto, a história não foi apressada e nem mal explicada. Pelo contrário, soube bem detalhar lugares, descrever sensações e o desenrolar da história foi de arrepiar e tirar o fôlego. Simplesmente adorei e estarei mega ansiosa pela continuação!! 




♥ Você também vai amar:

10 comentários

  1. Oi
    eu já vi divulgação desse livro e o enredo chamou minha atenção, deve ser tenso para a protagonista entrar nesse mundo diferente ver que sua mãe está viva, mas por outro lados as pessoas estão diferentes.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é muita tensão, mas valeu a pena o final! Ela vê que no fundo ela seria daquela maneira, sabe, mas é muito legal! Obrigada pela visita!

      Excluir
  2. Oiieee


    Depois de ler essa resenha eu preciso totalmente desse livro!
    Amo estas histórias de universo alternativo, e o legal é que não é um tema tão "batido" como outros que a gente já tá cansado de ler.
    Espero um dia poder ter a oportunidade de conferir esse livro, amei a história

    Beijokas

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é totalmente diferente do normal e isso é contagiante, realmente recomendo a leitura! Obrigada pela visita <3

      Excluir
  3. Adorei a sua resenha! Não conhecia esse livro, mas já quero muito ler! Já coloquei na booklist, hahahahahahaha. E olha essa capa, que coisa mais linda!!! <3

    Com amor,
    Steph • http://naoeberlim.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Não tem como negar... essa capa me encanta, rs.
    Preciso ler esse livro, porque parece que ele me persegue.
    E tantos elogios, me deixam empolgada.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Já vi algumas resenhas desse livro por aí e fiquei bastante interessada.
    Achei linda demais essa capa.
    Meu sonho é pintar meu cabelo de roxo *-*
    Beijos
    Balaio de Babados | Sorteio do livro Marianas

    ResponderExcluir
  6. Que capa linda xonei *------------------------------*
    ai mds fiquei louca por ele e sua resenha ta perfeita ;3

    beijão <3

    www.seteprimaveras.com

    ResponderExcluir
  7. A editora Draco está lançando muito livro bom ultimamente <3 Já vi mutias resenhas de livros deles por ai e óh, tá uma maravilha. Até agora nao vi nenhum livro ruim
    http://b-uscandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, tudo bem?
    Nunca tinha ouvido falar desse livro, e é a primeira vez que vejo uma resenha sobre ele.
    E pelo jeito parece ser muito bom.
    Depois vou dar uma olhadinha

    Beijos
    @saymybook
    http://saymybook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir