Primeiras Impressões - Serendipity por Hadassa M. Vaz

por - maio 28, 2016

Título: Serendipity
Autora: Hadassa M. Vaz
Editora: Lotus
Comprar: (www)
Degustação: (www)
Sinopse: "Você deveria ver o que eu vejo, está preparado? Sophie Gardner sempre foi diferente das outras garotas de sua cidade. Sendo uma paranormal ela cresceu vendo e ouvindo coisas que muitos não conseguiam ver ou ouvir. Não que ela goste de ser diferente, pelo contrário, ela daria tudo para ser tão comum quanto às outras garotas, ter um par no baile da escola e coragem de se declarar para aquele cara da cafeteria em frente à escola. Quando a linha que separa nosso mundo, os dos vivos, do mundo dos Outros, é ameaçada Sophie descobre que terá que usar seu dom para manter ambos mundos protegidos enquanto precisa lidar com os sentimentos em conflitos que seus protetores lhe despertam."

 Impressões: Vou começar minhas Impressões dizendo que estou sofrendo muito por não ter tido a oportunidade de ler esse livro ainda, depois de ter a  degustação fiquei ainda mais apaixonada. 

A degustação é composta pelo prólogo e um capítulo apenas, mas já deu para termos impressões bem nítidas do que podemos esperar nessa história. 

Logo de início somos inseridos num cenário sombrio, uma noite chuvosa. Acompanhamos a conversa de dois homens, Íris-El e James. Eles estão em busca de uma garota que parece ser muito difícil de encontrar. James é lembrado que precisa terminar sua missão, mas ele se encontra frustrado e irritado, pois ao que parece, tem que realizá-la como um humano, sem seus poderes.

Eles também nos revelam que outra garota fora encontrada, uma paranormal encarnada. Segundo eles, encarnadas são pessoas que, após mortas, por algum motivo, puderam retornar à Terra em outra vida, talvez por uma missão incumbida ou algo semelhante. Esses encarnados também podiam ser anjos que tinham sido enviados à Terra sob a forma humana e perdido sua memória, até que em certa idade, recupera a consciência do que eram e o que tinham de fazer.

Também descobrimos que, além destes, alguns que retornam poderiam ser demônios, o que causava um desequilíbrio e, por alimentarem-se de ódio e podridão humana, traziam apenas coisas ruins. 

James então deve procurar a 'encarnada', o que me fez imaginar que esta seria Sophie. Eu espero realmente também, porque, pela descrição dele, daria um casal e tanto né (#TeamJames).

Além disso, ao final do prólogo há uma sugestão de um guerra silenciosa que estaria acontecendo em um mundo completamente desconhecido da humanidade. Isso me deixou extremamente curiosa. Que guerra é essa? Com certeza envolve seres sobrenaturais, mas quem são esses? Anjos e Demônios? Mas onde se encaixariam os humanos com dons especiais?

Então temos o primeiro capítulo, intitulado 'Sangue e Cinzas', onde já adentramos na vida e pensamentos de Sophie. Ao que parece ela é uma menina introvertida, pelo menos é o que o pai pensa. Mas na verdade, ela é diferente. E os humanos comuns percebem isso, portanto, ninguém se arrisca a se aproximar.

A mãe de Sophie já é morta, mas por algum motivo, é o único espírito que ela não vê. Logo presumi que um dos dons dela é se comunicar com os mortos.

Sophie estava em uma festa, mas estava fazendo de tudo para não interagir com as pessoas. Ela estranha o fato de que, apesar de estar lotado, nenhum espírito estava a vista. Silencioso demais. Assim surgiu uma pergunta para mim: seria um prenúncio de que algo maior estava por vir? Provavelmente.


"Eles sempre estavam lá, escondidos entre as multidões. Às vezes para nos proteger, outra para alimentar nossos medos e desejos mais secretos."

Mas a calmaria para por aí quando Sophie é arremessada para um cenário totalmente diferentes. O céu que estava azul passou para vermelho-sangue, as pessoas ali presentes de repente estavam todas pegando fogo, mas pareciam alheias a isso. Elas foram queimadas pouco e pouco e tudo então se tornou cinzas, restando apenas ela.

Mas não parou por aí. Um vento fortíssimo trouxe todos aqueles restos mortais para Sophie, um vento tão forte que ela pensou que seria arrastada. Então, rápido como começou, tudo voltou ao normal. 

Sophie acordou em sua cama trêmula por conta de um sonho tão vívido, mas ao se encarar no espelho viu que, de fato, estava coberta de cinzas. O que estaria acontecendo?

Após isso ela não tem opção senão tomar um banho e tentar esquecer desse pesadelo tão real. É quando somos apresentados para seu anjo da guarda. Isso, você leu bem, Sophie tem um anjo e ela o vê! Eu totalmente queria poder ver meu anjo, achei tão legal! 

Chamado de Gabriel, ele aparece quando sente que Sophie necessita dele. E, sabendo que não consegue esconder nada dele, ela conta sobre o pesadelo. Gabriel então vai embora com a promessa de que tentaria descobrir o que estaria acontecendo.

A partir daí surgiram mais dúvidas? Com certeza o pesadelo seria um prenúncio de algo ruim que estaria chegando, mas o que? E porque Sophie estaria envolvida? Provavelmente por ela ser uma encarnada? Isso se ela, de fato, for uma. Porque ela tem esse dom? E a principal pergunta, o que vai acontecer a seguir?

Além disso, mesmo sem saber da história toda ainda, super estou torcendo para um 'romancezinho' entre a Sophie e o James, hahah! Enfim, a história deixou várias pontas abertas para o que ocorrerá a seguir. Por envolver seres sobrenaturais, com certeza haverá uma aventura tremenda. Além disso, por ter sido mencionado uma guerra, creio que Sophie será colocada em um mundo onde nada é o que parece, com forças e seres muito mais perigosos do que parecem.

Realmente fiquei curiosa e envolta nisso. Mesmo com essa curta degustação pudemos ver que ainda há muito o que se descobrir. Sophie é uma personagem forte, aparentemente, apesar de querer se refugiar para não ser tachada como estranha. 

Quanto a escrita da autora, pelo que pude observar, tudo foi bem desenvolvido. Os capítulos tiveram o tamanho perfeito, com o desenvolvimento necessário. Nada apressado e tudo bem descrito, inclusive as aparências dos personagens e as cenas, a melhor, claro, foi a do pesadelo.

Por fim, como já mencionei antes, a capa é divina. Ainda não consegui associar ela com a trama, mas isso porque tivemos bem pouco do que ocorreria, todavia, ainda assim já me apaixonei. Com certeza é uma tremenda história!

Até a próxima gente! Espero que tenham gostado e procurem ler esse livro incrível e lindo! Beijos!


♥ Você também vai amar:

14 comentários

  1. Ooooi,
    Que CAPA LIIINDA!
    Já queria tê-la em mãos, rs.
    Quero ler sua resenha completa, hein?
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É fabulosa, né? Pode esperar, pois em breve será feita!
      Beeijo

      Excluir
  2. Oii,

    O livro e lindo e parece ser ótimo!

    Abraços...

    http://blogmichaelvasconcelos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A capa é linda e o título também. Adoro essa palavra e o que ela significa. Dá pra entender sua curiosidade e ansiedade pelo restante, a resenha da degustação também me deixou intrigada.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, e apenas pelas primeiras impressões já é possível ter uma noção da qualidade da leitura!

      Beeijo

      Excluir
  4. Que linda essa capa! Gostei muito das suas primeiras impressões também, a história parece ótima!
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou, a capa é fabulosa e fortalece nossa vontade de ter o livro em mãos!

      Excluir
  5. Gosto de histórias que envolvem o sobrenatural!
    Essas histórias de médiuns sempre me lembram de A mediadora, então com certeza vou gostar do livro.

    Chiquereza

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, pode ter certeza então! Eu absolutamente amo A Mediadora, e você me fez lembrar agora. Eu espero, do fundo do coração, que seja tão incrível como ele!


      Excluir
  6. Gente, que história! Já estou adicionando nos desejados.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  7. Ai Luiza rouba meu comentário! Difícil isso!!! hahahaha Também estou adicionando os meus desejados!

    Pandora
    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Então faça como ela também, deseje ler mesmo, viu!

      Excluir