Resenha #37 - A Escolhida

por - maio 16, 2016

Título: A Escolhida
Série: Trilogia A Escolhida, vol. 1
Autora: Amanda Ághata Costa
Editora: Arwen
Gênero: Fantasia | Romance
Páginas: 452
Lançamento: 2015
Skoob (www)
Classificação: 
Sinopse: "Em uma cidade repleta de pessoas desconhecidas, Ari poderia ser apenas mais uma garota perdida na multidão, como tantas outras que foram abandonadas pelos pais. Através de sua aparência impecável e feições delicadas, ninguém conseguiria supor quem ela é e o que gosta de fazer: um anjo com sede de sangue, sempre disposta a ceifar novas vítimas. Porém, tudo muda quando é capturada por dois feiticeiros e levada para o círculo, lugar onde eles vivem sob a liderança de Egran, um homem cruel que não mede esforços para conseguir o que quer. Em meio a várias mudanças repentinas, terá de enfrentar suas convicções a fim de descobrir um lado de si mesma que não imaginava existir. Será que o amor vai fazer brotar a alegria em seu coração? Ou ele irá arrastá-la diretamente para a morte? Ari será capaz de finalmente superar o próprio passado sombrio ou sucumbirá a ele, deixando pelo caminho mais um grande rastro de destruição?"

 Opinião: A primeira impressão que tive desse livro é que seria algo que me envolvesse completamente, cheio de mistérios e romance. Não errei, logicamente, pois essa foi uma leitura e tanto!

Temos como personagem principal Ari, ou Ariali como ela descobre posteriormente. A história dela não é nada bonita, ela fora abandonada pelos pais ainda pequena e cresceu sendo desprezada por todos ao seu redor, sendo a aberração que todos queriam ficar longe. Não pela sua aparência, contrariamente, Ari é quase um anjo, literalmente. Mas porque todos sentiam que ela era a personificação de algo extremamente ruim.

Quando digo quase literalmente quero dizer que ela, de fato, é descendente de anjos, possui alguns dons que são característicos deles, como seduzir/hipnotizar uma pessoa para que ela ceda aos seus desejos. Ariali usa isso para buscar suas presas e matar, um vício que ela odeia, mas infelizmente necessita.


"Matar é o meu maior desejo e o único que não deixo de colocar em prática. O odor da vida de alguém esvaindo de seu corpo através de meus dedos é a sensação mais intensa que vivencio. Sou o nada e o tudo, um meio termo. O amor não me petrifica, o perdão não é acumulado em minha carne e as emoções não invadem o meu coração. Sou a própria rocha."

Por ser um anjo, supostamente Ari deveria ter lindas asas, mas a cada assassinado elas definhavam e caíam. Por este motivo as asas dela estavam quase desaparecendo, sem vida. Um indício de que ela realmente não foi uma boa menina.

Por ser desprezada a vida toda, Ari criou uma defesa dentro dela e extinguiu quaisquer sentimentos que pudesse ter, como amor, carinho, compaixão ou piedade. Ela se considera uma rocha, fria e dura. Mas sua rotina muda drasticamente ao ser surpreendida por dois rapazes, Edlun e Luke. Ari logo de cara não se dá bem com Edlun e eles acabam lutando, quando ela é tocada por Luke e algo acontece. Mas o quê, exatamente? Ele é um ser misterioso e lindo.


"- Eu sou um mistério - sussurro, com os lábios praticamente fechados. - Eu sou um grande mistério.
- Sendo assim, quero desvendar cada centímetro ele. Você me permite?"

Ela é levada contra a sua vontade para o Círculo. Aparentemente suas técnicas de matança seriam úteis para o mestre, Egran. E Ari é obrigada a ficar por conta de um feitiço que lhe é colocado que, caso ela descumpra, será morta imediatamente. Posteriormente descobrimos que os rapazes eram, na verdade, feiticeiros. E não para por aí, nos deparamos também com demônios, uma hierarquia entre anjos, feiticeiros e até fadas!

A partir daí somos mergulhados nesse mundo e Ari cada vez descobre um pouco mais de seu passado e a medida que ela descobre, acaba também vendo que nada é o que parece. Perigos encontram-se em cada canto e a morte lhe persegue. O que é irônico, já que antes ela se considerava a própria morte.

"Nenhuma criatura terá o prazer de conhecer o lado que agora chacoalha através da parede de vidro. Ele quer sair, mas não vai acontecer. O lado que eu insisto em deixar aprisionado é impenetrável e jamais será tocado por alguém. É assim que as coisas funcionam. Esta é a minha versão perfeita."
Também acompanhamos o desenrolar do romance entre Luke e Ari. Vemos o tanto que eles lutam contra isso, já que é proibido relações entre seres de espécies diferentes, mas algo ligado pelo destino não consegue se manter separado por muito tempo. É realmente envolvente e tocante.

"Mãos que atraem, dedos que acariciam, fôlego escasso. A mistura de todas as sensações proibidas faz-me cambalear. É inevitável enlouquecer."

Sempre fui muito fã de romances fantásticos, então sou suspeita para dizer que adorei cada pedacinho dessa história e estou ansiando pela continuação. Luke é meu novo amor, admito.

Quanto as partes técnicas, devo dizer que em certos pontos achei que a autora desenvolveu a história rápido demais, por vezes fiquei perdida nos acontecimentos, principalmente no início do livro quando tudo desenrolou-se em um dia só! Mas apesar disso foi plenamente possível entender o que se passava depois. A autora foi nos dando pedacinhos do passado para entendermos o presente e as dúvidas de Ari, então realmente gostei, me deixou envolvida.

"O incerto é um predador: tanto ataca, quanto foge. O pior é que você nunca sabe o que ele irá oferecer."

Outra coisa que senti falta foi de um clímax. Pelo que vi a história transcorreu mais sobre Ari descobrindo sobre si, suas incertezas, perigos que a envolvia e sobre a descoberta de seu lado sentimental, a descoberta de que pessoas são mais do que alvos para assassinar, ela descobrindo o amor. Mas o auge talvez tenha passado despercebido para mim. Novamente digo que isso não foi um ponto negativo, ainda assim que senti presa na história do início ao fim, mas como leitora crítica devo mencionar esse ponto.

Quanto a diagramação digo que adorei, os inícios de capítulos tinham uma arte linda e detalhes que caíram bem para a história. Além disso todo o texto estava muito bem formatado e sem erros de gramática.

A narrativa da autora também foi perfeita, soube bem descrever cenas, sentimentos, lugares e os diálogos então, mais que perfeitos! Se eu fosse separar cada quote lindo das cenas, talvez transcreveria todo o livro aqui! Por fim, a capa combinou perfeitamente com a história, deu um ar de mistério que ficou tudo a ver, adorei, mais um ponto positivo.

"Não se molda o destino, menina. É impossível mudar o curso de dois rios quando ambos são feitos para desaguar em um lugar só."

Realmente adorei a história, cheia de mistérios, romances, aprendizados, reviravoltas, ação e amizade acima de tudo. Se quiser fugir de sua realidade e mergulhar nesse mundo fantástico, essa realmente é a melhor escolha, um livro mágico com personagens melhores ainda! Super recomendo e espero ansiosamente para a continuação, que nós do blog possamos ter a oportunidade de acompanhar o desfecho dessa saga!

"Depois de provar das piores sensações, agora estou vivenciado uma pela qual vale a pena o risco.
Não há mais gelo em meu peito. Não há mais dor ou desespero, nem frustração.
Só há Luke.
Há apenas o que eu realmente preciso."


É isso gente, beijos e até a próxima!



♥ Você também vai amar:

10 comentários

  1. Ual! Essa história é intensa, pelo que contou, estranho pensar que uma jovem encantadora tem vestígios de anjo mas anseia pela matança kkk, claro que deve ter algo por trás disso e só lendo pra descobrir, mas esse livro me lembrou um pouco a um outro que você comentou, cuja a personagem era uma Ceifadora....
    Mas no geral, achei realmente incrível a ideia do livro, parece cheio de aventuras!
    Beijão, Lua
    http://www.a-toca.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ele é muito envolvente, cheio de aventuras e mistérios, totalmente recomendo, você vai adorar!

      Excluir
  2. Oi, como vai? Eu amei a sua resenha! Ultimamente tá me dando uma saudade de ler livros sobrenaturais, e acho que vou colocar este na lista para começar outra vez. AMEI o que a autora trouxe, de fazer nossa personagem principal ser a vilã e depois passar a ser uma "mocinha" da história. O livro parece ser fantástico e a capa é linda.
    Beijo
    O Reino Encantado de uma Leitora

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Livros sobrenaturais = amor eterno! Sempre prefiro eles, porque adoro fugir da minha realidade e mergulhar em mundos novos! Que bom que gostou! <3

      Excluir
  3. Geente, que resenha linda! Me encantei totalmente com a história, e olha que ainda neem li, hein. Assim que eu tiver a oportunidade, prometo!
    Beijinhos.

    ResponderExcluir
  4. Que livro é esseeeeeeeeeeeeeee? *ooo*
    Com certeza já entrou na minha lista de favoritos da vidaaa! <3
    As frases são super impactantes e lindaas <3
    Beijoos,<3
    http://eaigirlblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lilian!
    Parece que a autora consegue aproveitar alguns clichês e transformá-los em algo bem diferente, né? Tomara que vc goste do restante da série também :)
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A história é bem linda, pensamos que é clichê, mas na realidade é tudo diferente, super recomendo!

      Excluir