Resenha #45 - O Andarilho das Sombras

por - junho 10, 2016

Título: O Andarilho das Sombras
Série: Tempos de Sangue, vol. 1
Autor: Eduardo Kasse
Editora: Draco
Gênero: Literatura Fantástica | Fantasia Histórica
Páginas: 384
Lançamento: 2012
Skoob (www) | Comprar (www)
Classificação: 
Sinopse: "O Andarilho das Sombras, primeiro livro da Série Tempos de Sangue de Eduardo Kasse, conta uma história instigante de como as escolhas, os caminhos tortuosos e uma maliciosa promessa criaram um grande mal. Harold Stonecross, protagonista do livro, é carismático, sedutor e fatal. Sempre envolto em mistérios enquanto caminha pelas ruelas escuras e imundas das cidades e vilas medievais da Inglaterra, Irlanda e França dos séculos XI e XII. Toda a narrativa é permeada e entrelaçada com fatos históricos e pessoas reais, com uma visão ficcional sobre o que poderia ter acontecido – ou aconteceu… Uma saga de deuses esquecidos, dogmas e mitos em que Harold narra as passagens da sua longa existência, repletas de conexões com tempos passados, presentes, imemoriais, vida humana e renascimento. O mundo se tornou o seu palco. Homens, mulheres, nobres ou religiosos, não importa: sempre haverá um rastro de sangue após as cortinas baixarem. Porque as teias do destino há muito tempo foram trançadas… Essa é a vida do homem que, por desespero e na iminência da morte, recebeu um dom e ao mesmo tempo uma maldição… Para ele e para a humanidade."

 Opinião: Esse é um livro de vampiros que foge totalmente do que estamos acostumados a ver. Aqui não temos mocinhos ou mocinhas, nem misericórdia ou bondade. Aqui temos uma criatura que conhece seu poder e se delicia sendo o dono do mundo. 

Essa criatura é ninguém menos que Harold Stonecross, um homem que foi destinado a viver nas sombras, tomando a vida de outros para manter sua sede saciada. 

Anteriormente Harold podia ser chamado de um homem simples, humilde, honesto e com uma bondade inigualável, mas o destino lhe reservou um futuro bem diferente do que ele previa.

A história de Harold se intercala entre o passado, remontando os passos desde sua infância até o momento em que ele se torna um vampiro, uma criatura sobrenatural. Sua infância foi difícil, com um pai rígido e logo Harold se viu abandonando seu lar para viver suas aventuras sozinho. Ele conhece várias pessoas que lhe ajudam e tudo leva a um único destino, já escrito há muito tempo.

Já no presente, a história traz a trajetória de Harold já como andarilho solitário, mostrando a sociedade em que ele vive, na Idade Média, nos deixando conhecer os costumes e crenças daquela época. 

Achei super interessante essa parte, pois o autor nos traz um pouco da história também, as pragas, a religião com seus falsos e hipócritas religiosos, as pessoas com suas crenças e costumes ultrapassados, inseridos erroneamente pela igreja. Também achei curioso que as pessoas tinham medo de tomar banho, pois segundo a crença, tomar banho poderia deixar sua pele desprotegida e assim seria mais fácil pegar doenças ou pragas.

Além disso vemos o lado religioso, da mesma forma como é contada na história, os padres sendo comprados, culpando falsamente pessoas de serem criaturas demoníacas, movidos pelo próprio interesse. Infelizmente foi algo que ocorreu e maculou a história desses religiosos.

Conhecemos Harold em seu lado mais bestial, a forma fria como ele trata as pessoas, confirmando que todo o silêncio do mundo pode ser comprado. Como ele tira as vidas de quem quer, sem remorsos ou ao menos pensamentos de poupar aquela vida. É tudo uma questão técnica, ele precisa se alimentar e para isso precisa de sangue, é simples.


"Dinheiro e medo. São as únicas chaves capazes de abrir quaisquer portas e silenciar bocas. E eu podia usar os dois."

Harold também conhece muito bem seus poderes e seu charme, ele usa isso em seu favor e não deixa de admitir em várias partes do livro que ele se delicia em ser adorado e temido. Sua soberba e arrogância não é escondida, pelo contrário, ele usa tudo isso em seu favor, carregado com muito sarcasmo e exibicionismo.


"Sou um assassino formidável e um amante com séculos de experiência. E as minhas palavras poderiam fazer até mesmo o Papa mostrar o rabo diante da cruz. As mulheres suspiram e os homens me invejam, os padres me cobiçam e eu os desprezo!"

Mas para virar esse ser frio e mortal, Harold admite que sofreu muito. Ele chorou pelas perdas que teve, pelas vidas que tirou de quem amava e por ter que aceitar que seu destino era trazer a morte. Ele via todos morrerem e com o tempo, aquele sofrimento passou a ser aceitação.


"E a dor preencheu todo o meu ser.
E eu gritei. Urrei como uma besta selvagem, fazendo os pássaros fugirem e os espíritos da floresta desaparecerem com medo."

Enfim, devo dizer que essa história não é nada do que esperamos. A forma como Harold é transformado em um ser da noite é muito diferente do usual e isso por si só já o diferencia de todos os outros. 


"Sou quase um deus, um imortal esquecido nesse mundo. Caminho pelas trevas e minha pele pálida me esconde nas brumas. Sou o senhor da morte! Mas, meu coração ainda bate na calada da noite e eu choro. E os sentimentos são os últimos resquícios da minha humanidade. Perdida para sempre.
Sim, o demônio chora!"

A história te prende do início ao fim, mesmo sendo longa, você se sente impelido a ver o que irá acontecer. A linguagem do autor foi muito bem construída, com uma narrativa impecável. Como mencionar, apesar de ser um livro longo, não é maçante ou chato, pelo contrário, é intenso e cruel. A diagramação ficou perfeita e nenhum erro de gramática foi encontrado.

Também fiquei encantada com os amores de Harold, o autor conseguiu nos mostrar a intensidade que o vampiro amava suas donzelas, bem como seu sofrimento ao perdê-las. Ele sabia apreciá-las, sabia tratá-las, mas ao final o destino era implacável.


"E ao nos olharmos carinhosamente percebemos que o amor pode vencer qualquer barreira, mesmo as mais sórdidas tramadas pelos deuses e pelas senhoras do destino."

Outra coisa que me ganhou nesse livro é que todo ele foi uma surpresa, eu não sabia o que esperar a cada página e fui surpreendida mais de uma vez! Realmente, uma leitura satisfatória e que eu gostei muito!


"E eu iria continuar minha jornada.
Na noite onde todos temiam o inferno.
Mas, eu já estava nele."

Essa é uma série de livros, vários já foram lançados. Para quem gosta de histórias medievais, um vampiro cruel e sedutor, uma história de vida e muitas surpresas, recomendo essa leitura. Espero que tenham gostado e até a próxima!




♥ Você também vai amar:

26 comentários

  1. Respostas
    1. Obrigada a você pela visita e por dar um pouco de seu tempo para a leitura da resenha!

      Excluir
  2. Acredita que não sou muito chegada em histórias com vampiros.. não sei porque.. não me atrai, acho que por isso esse livro não iria me interessar tanto..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mas lhe garanto que é uma ótima leitura!

      Excluir
  3. Amei a resenha. Não conhecia a série nem o autor.

    Mas histórias com contexto medieval me atraem, embora a linha vampiresca eu já observe com mais cuidado, por causa da distorção de conceitos modernos.
    Mas, ao que parece, o autor manteve a escrita sobre o vampiro tradicional.
    Parece muito interessante.

    Vou colocar na lista.
    Beijos.

    www.colecionadoresdelivross.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É realmente muito interessante, se tiver a oportunidade leia!

      Excluir
  4. Que resenha maravilhosa. Surto quando já posso ler trechos deleitosos assim da obra, só faz aumentar ainda mais a curiosidade! Senti que é bem detalhada, repleta de entrelinhas e mensagens incríveis (e espero que tenha alguns teores historicamente críticos, porque senti bem pitadas disso também).

    SEMQUASES.COM

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Tem sim, é realmente uma leitura intensa e ótima!

      Excluir
  5. Olá,
    Já conhecia o livro do blog do Marcos. Fiquei muito interessada em ler ele por ser de vampiros mas sem aquela romantização que estamos acostumados. Fiquei imaginando aqui ter medo de tomar banho hehe. É um livro que assim que der eu vou ler.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. HAHAA, são costumes bem estranhos, mas isso faz o livro ser melhor ainda!

      Excluir
  6. Olá, tudo bom?
    Me parece uma leitura realmente interessante, eu nunca fui de ler muito sobre vampiros, no máximo Crepúsculo, que nem gosto muito da história. Mas mostrar a idade média e o seu lado religioso terrível, me agradou. Gosto dessa coisa de vampiro sem romantização.

    Sessão Proibida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, esse é um ponto que me interessei também, justamente por não ser um romance cliché!

      Excluir
  7. Ótima resenha, o livro parece realmente muito interessante, uma história de vampiro bem melhor que as comumente lidas, rsr. :)

    DA UMA PASSADA LÁ NO BLOG, SORTEIO 5 LIVROS DIA DOS NAMORADOS
    http://www.vestigiodelivros.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Eu tentei ler esse livro no início do ano, mas não consegui sair do primeiro capítulo, são poucos os livros de fantasia que conseguem me prender, mas sua resenha ficou ótima!
    Beijos
    Bluebell Bee

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério? Mas o que vale é intenção né, obrigada pela visita!

      Excluir
  9. Olá, tudo bem?
    Eu não conhecia o livro e nem o autor. Eu gosto muito de livros com sobrenatural, principalmente vampiros, mas gosto mais quando o ser é romantizado. Não sei se gostaria deste. Mesmo assim, anotei sua dica. Bjus
    Lia Christo
    www.docesletras.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também curto romantizado, mas esse me chamou atenção justamente por ser o contrário! Vale a pena ler!

      Excluir
  10. Olha já achei Harold bem interessante1 Bom saber que é bem diferente, acho legal abordar outros aspectos dos vampiros, algo mais inovador!!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. ótima resenha, fiquei curiosa porque ele parece ser bem diferente do que outras livros desse gênero, gostei muito do post ♥

    Beijos
    www.conversandocomalua.com

    ResponderExcluir
  12. Oi oi
    Você resenha muito bem, meu Deus! Eu não gosto muito desse tipo de livros, mas para as pessoas que curtem, parece ser muiiito bom né? <3

    Beijos, www.valentinices.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh que bom que gostou *--* é um livro ótimo, vale muito a pena! obrigada pela visita!

      Excluir
  13. Gostei da resenha!
    Até porque eu gosto demais de livros que te prende com a história e que foge dos padrões.
    Eu nunca li livros sobre vampiros, mas ver que esse é diferente, deixa a gente curiosa para ler. *--*
    Além de ter uma boa visão com uma pegada crítica sobre religião, etc.
    Agora é que quero ler mesmo esse livro.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou! Leia mesmo, é uma leitura muito interessante!

      http://www.leitorasvorazes.com.br/

      Excluir