Resenha #49 - Intenso

por - junho 27, 2016

Título: Intenso
Série: Caroline e West, vol 2
Autor: Robin York
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance | Ficção
Páginas: 272
Lançamento: 2016
Skoob (www| Comprar (www)
Classificação: 
Sinopse: "A vida de West Leavitt foi do céu ao inferno em poucos meses. Ele achava que era possível ter um futuro melhor, mas acabou retornando para os dramas diários de sua família. Agora, em meio a uma tragédia, o rapaz não sabe o que fazer para ajudar Frankie, sua irmã caçula. Quando ele está prestes a desmoronar, só uma pessoa lhe vem à mente: a jovem segura e determinada que ele um dia pensou merecer. Longe dali, Caroline Piasecki sonha mais uma vez com West: a pele contra o seu corpo, o cheiro dele, a mão deslizando pela sua barriga... Mas sonhos são apenas sonhos. Ela sabe que o ex foi embora e não vai voltar. Por mais doloroso que seja, Caroline precisa se esquecer do tempo que passaram juntos. Até que seu celular toca e um West transtornado está do outro lado da linha. Sem pensar duas vezes, Caroline vai ao seu encontro. Só que muita coisa mudou desde que eles terminaram. West tenta afastar Caroline de sua vida de todas as maneiras. Ao mesmo tempo, o desejo que sentem um pelo outro parece ter ficado até mais forte no período em que estiveram separados. West ainda sente algo por ela, mas não se considera uma boa companhia para ninguém. Caroline quer estar nos braços de West, mas sabe que deve partir para que ele não sofra. Nesse embate de emoções, eles precisarão encontrar os próprios caminhos e descobrir: por mais intenso que seja o laço que os une, ainda é possível um recomeço?"

 Opinião: Intensidade define esse livro gente! ♥ Na primeira resenha (wwweu expliquei que entendi o motivo do autor ter colocado o nome do livro de 'Profundo', pois a profundidade do amor que Caro e West tem ultrapassa toda e qualquer barreira imposta pela sociedade. Aqui temos a intensidade desse amor, buscando de todas as formas uma maneira de se livrar das amarras do que os mantém longe.

Desde o primeiro livro já fiquei tocada pela forma como o amor entre eles desenvolveu e neste segundo livro não foi diferente. Por ter tido de voltar para sua casa, West não vê mais possibilidades para sua vida, ele acredita fielmente que não há nada mais para ele do que a vida que seus pais tiveram.

Quando seu pai é morto, em um impulso West pede para que Caro venha até ele e ela, sem dúvidas, atende seu pedido. Logicamente que depois ele se arrepende e fica mandando ela embora, mas Caro bate o pé e diz que somente voltará quando ela ver (e acreditar) que West ficará bem. 

Quando se despediram no primeiro livro, foi uma despedida com amor, emoção e, claro, tristeza. Mas o reencontro é assustador, West está diferente, ele é amedrontador, com olhos que trazem uma fúria contida, carregado de mágoa e dor. Ele também faz de tudo para parecer distante e repulsivo, mesmo quando Caro tenta de todas as formas ver pelo menos um vislumbre do 'seu' West naquele novo homem.

Assim, West pede que Caro cuide de sua irmã, pois ela é o único motivo que mantém West preso a esse mundo sem esperanças. Ele não quer que sua irmã passe pelo que ele passou, quer que ela tenha um futuro melhor que o dele. Mas Caro acaba virando uma espécie de amiga de Frankie e faz de tudo para que ela fique bem, mas a realidade daquele lugar é bem diferente do que ela sabe. Brigas, ressentimentos, interesse, mágoas são os únicos sentimentos que aquelas pessoas parecem saber o significado.


"Ele quer que eu fique ali, então vou ficar ali.
Ele quer que eu cuide da irmã dele, então vou cuidar da irmã dele.
Não há nada que eu não faria por West Leavitt."

Admito que fiquei bem irritada com esse novo West, ele afasta tudo e todos de perto dele, acabando por maltratar a Caro, agindo como um canalha para que ela se afaste também. Mas ela persiste. No decorrer da leitura em vários momentos me vi sendo a Caroline e pensando 'agora já deu né, ela vai embora', mas ela sempre persiste. Foram muitas sensações contraditórias nessa história, realmente.

Em um certo ponto, finalmente West consegue fazer uma burrada capaz de deixar Caro enojada a ponto de ir embora. E ela vai, mas antes joga a real na cara dele: a família dele sempre irá colocá-lo para baixo, sempre trará o pior dele e se West manter-se ali não dará um futuro diferente a Frankie do que o que ele próprio teve.

Menciono aqui que esta parte da história foi essencial para conseguirmos entender os motivos de West, o porquê de suas atitudes no primeiro livro. Sua família não é fácil, eles não querem seu bem, eles são egoístas, com sentimentos retorcidos. 

Também foi muito importante para vermos como Caroline é forte. Ela sai de seu mundo e entra sem olhar para trás na bagunça que é a vida de West, ela quer o seu homem de volta e sabe que, apesar de tudo, o amor deles é muito maior do que qualquer impedimento que possa haver entre eles. Ela valoriza cada qualidade de West e lida da melhor forma com seus defeitos. Mas com West perdido e cego neste mundo maldoso em que vive sua família, ela encontra uma verdadeira barreira.

Mas como tudo sempre é bom, West recebe uma oferta para ganhar uma bolsa de estudos e voltar para a faculdade. Não podendo deixar Frankie para trás ele a leva e faz de tudo para aquilo dar certo. Ele ainda não permite a aproximação de Caroline, mas quando Frankie começa a ter problemas em sua nova escola, West não vê escolha a não ser deixá-la ajudá-los.

Juntos eles vão superar tudo o que vier, entre eles, o dilema de West em agir como um pai, mesmo sem experiência suficiente, a responsabilidade enorme de ter uma vida em suas mãos, nunca podendo fraquejar, pois o futuro deles depende disso e, finalmente, aprender a viver como uma família, mesmo uma diferente da habitual. Caroline acaba sendo essencial para todo esse processo e West acaba ainda ajudando-a com seus últimos medos.

Digo últimos, pois Caroline finalmente aprende que nada no mundo pode parar seus sonhos, nada pode impedi-la de fazer o que quiser e ser o que quiser. Hoje ela tem uma causa para lutar, ajudar vítimas que sofreram o mesmo tipo de violência que ela e West sempre estará ao seu lado, apoiando-a e repartindo suas forças.

Enfim, adorei a forma como a autora lidou com seus personagens. West é realmente complicado e as vidas diferentes deles torna tudo tão mais difícil, mas de uma forma linda e intensa, pudemos ver como o amor ultrapassa tudo isso. Vemos claramente como Caroline evolui, de uma menina insegura para uma mulher forte que não se importa com o julgamento dos outros, isso inclui tanto sua vida pessoal, como o relacionamento com West que não é bem aceito por seu pai inicialmente.

Li em uma resenha (não lembro o blog agora, mas assim que lembrar coloco aqui) a seguinte frase: "se no primeiro livro West era a rocha que sustentava e apoiava Caroline, neste livro ela que tem de ser forte". Super entendi isso, Caro teve de se tornar forte para salvar não só a si mesma, mas West e Frankie daquele futuro sem esperanças. 


"Era assim que seria. Era como nós seríamos, sempre.
Cheios de mudanças. Cheios de vida.
Transbordando palavras e risadas, mãos frias e bocas quentes, e o som da chuva caindo."

Essa leitura nos coloca em um misto de emoções que, como mencionei acima, é resumido por uma simples palavra: intensidade. Temos drama, tristeza, mágoa, amor, coragem e acima de tudo, muito amor e força. Realmente amei essa narrativa e me apaixonei por esses personagens.

Adentrando nas partes técnicas, a diagramação como sempre ficou perfeita. A letra está em tamanho ótimo, páginas amareladas facilitando a leitura e sem erros de gramática ou formatação. A história é intercalada entre a narração de Caroline e West, o que facilitou muito a compreensão desses sentimentos que tanto mencionei acima. Simplesmente nos sentimos vivendo tudo isso.

Totalmente recomendo essa leitura, mas leiam o primeiro livro antes para conseguir entender bem a história e amar como eu amei. Se você quiser conhecer um amor que ultrapassa barreiras, que não se importa com rótulos ou adversidades, leia!  Beijos e até a próxima!



♥ Você também vai amar:

14 comentários

  1. Olá! Apesar de estar fugindo um pouco de livros que envolva muitos romances, achei esse bem interessante, adorei a resenha!!!
    Beijão, Lua
    www.a-toca.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É, e na verdade não é o que de capa pensamos que é. Mas que bom que gostou, obrigaada <3

      Excluir
  2. Algumas relações são tão verdadeiras que nem os empecilhos se sustentam por muito tempo, né?!

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  3. Oi, consegui sentir toda a sua empolgação com o livro. Gostei muito da forma como você fez a resenha e agora quero sentir e degustar os personagens com essa mesma intensidade.
    Beijos
    Quanto Mais Livros Melhor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que maravilha, não?! Que bom que gostou, agora pode desfrutar melhor da leitura!

      Excluir
  4. Eu adorei sua resenha, foi bem sincera e deu pra sentir a emoção, mas ainda não curto livros de romance, não sei se leria esse!

    www.seteprimaveras.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaah, não acredito nisso! Adoro e curto muito romances, não sei se conseguiria ficar sem. Mas ficamos feliz em saber que gostou. Beijo <3

      Excluir
  5. Oie! TE indiquei pra uma TAG lá no meu cantinho, quando tiver um tempinho, passa por lá!

    Beijocas! ^.^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Aaaah, que bom! Vou correndo pra lá conferir!!
      Beijim

      Excluir
  6. Olá! Desde muito cedo eu quero ler os livros mas ainda não tive a tal oportunidade. Mas sei que a história é simplesmente incrível, cativante e com aquela pitada de romantismo. Sua resenha está linda, repleta de intensidade.
    Abraços!
    http://leitoraencantada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que fofa, muito obrigada!! Leia assim que tiver.
      Beijo <3

      Excluir
  7. Oiii, que resenha sincera! Deu pra sentir toda a essência do livro! Adorei!

    *___*

    www.lendo1bomlivro.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada pelo carinho, é ótimo saber que tenha gostado! <3

      Excluir