Resenha #80 - Apaixonando-se pela Au Pair

por - outubro 22, 2016

Título: Apaixonado-se pela Au Pair
Autora: Mia Petrova
Editora: Independente
Gênero: Romance Erótico
Páginas: 88
Lançamento: 2014
Classificação: 
Sinopse: A garota americana, Audrey Simmons, dedicou sua vida inteira para crianças. Então, quando uma amiga lhe fala sobre o programa Au Pair, ela está pronta para essa aventura. Na Europa, ela conhece a família Abram, composta por duas pessoas. Instantemente ela se apaixona pela garotinha que se parece com um anjo, e inesperadamente, pelo seu pai, que contêm uma parte sombria guardada dentro de si. Thomas Abram é um viúvo, um pai e um inspetor chefe para a CID. Logo, uma Au Pair parece uma das melhores ideias para se ter uma ajuda extra na casa com a sua filha de seis anos, Rachel. O que ele não espera, no entanto, é Audrey ? uma ruiva com curvas mortais. Apesar de ficar cativado com a sua beleza, é a personalidade dela que o deixa completamente enfeitiçado. Em um piscar de olhos ela o atinge em lugares de si mesmo que nem ao menos sabia que existia desde a morte de sua mulher. A atração dos dois é aparente desde o primeiro encontro, mas o desejo sexual rapidamente os pegam de surpresa. Viver na mesma casa, no mesmo corredor, pode tornar duas pessoas opostas em amantes instantâneos. E um caso sensual tanto quanto intenso pega seus corpos como reféns.

 Opinião: É uma leitura muito gostosa e bem rápida, consegui ler em poucas horas, porém, algumas cenas desse conto se tornaram repetitivas demais e me cansou um pouco. 

Começamos com Audrey, uma garota americana de 26 anos que ficou sabendo da possibilidade em se tornar uma Au Pair, ou seja, quase uma babá que trabalha cuidando de crianças, só que um pouco mais intenso que isso. Audrey fica encantada com a ideia e logo decide se deslocar até a família que agora fará parte.

Bem, quando Audrey chega é que temos um clímax na história, pois é bem perceptível que à primeira vista Audrey sente uma leve atração por Thomas, mas ela não deixa transparecer muito pelas páginas, todavia o leitor consegue sentir os olhares que a garota direciona para ele e até mesmo quando ela evita olhá-lo demais. Aí já percebemos o que vem pela frente, né?!

Thomas é um viúvo que há muito tempo não tem uma companhia por perto. Logo, quando decide trazer Audrey, não sabe ainda quem ela é e sua escolha é baseada na segurança de sua querida filha. Porém, o que aparentemente é imprevisível, posteriormente se torna óbvio, porque agora Thomas terá que conviver com alguém a mais na família e não será fácil evitar isso.

Com tempo é possível perceber uma aproximação intensa demais entre Audrey e Thomas e, quando o leitor se dá conta, esse clima já alcançou o ápice. Porém, em três meses a jovem está programada para deixá-los e é nesse momento que Audrey se desespera. O que fazer?

Esse conto é narrado em primeira pessoa, alternativamente entre Audrey e Thomas. Como se fosse um capítulo pra cada, sabe? Assim, a leitura é bem leve e agradável, logo não fica nenhum pouco cansativa a narração.

Fiquei intrigada com as cenas, uma vez que eram bem detalhadas e a autora não deixou de lado momento algum as cenas eróticas. Percebi também que se tornou as vezes até repetitivo demais. Mas em relação aos detalhes, como havia dito, foram bem escritos. Ademais, não há o que reclamar da diagramação, pois ficou muito boa e organizada e a leitura flui bem demais. Assim, o conto passa rapidinho, então não cabe desculpas!

Para quem gosta do gênero, essa é uma leitura ótima, é bem rápida e vale a pena. Espero que tenham gostado, deixem suas impressões nos comentários que vamos conferir! Beijos e até a próxima!



♥ Você também vai amar:

16 comentários

  1. Olá,
    Pelo tamanho do conto parece se bem rápido mesmo. Eu não sou tão fã de romances eróticos, mas leio de vez em quando. E a narração ser dividida entre os dois é algo que me atrai muito. Acho que leria.

    Blog Prefácio

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, é ótimo em relação a narração, gostei disso, em saber o ponto de vista de cada personagem. Beijo

      Excluir
  2. Olá olá! Gostei da resenha, e a forma como o livro é narrado me faz lembrar do livro 'Simplesmente acontece', que é narrado da mesma forna, um capítulo para cada um. A leitura parece ser um pouco convencional, porém ao mesmo tempo foge um pouco também. Amei <3

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não conheço esse livro, Isa, mas já li outros com narrativa alternativa. Que bom que gostou, beijo <3

      Excluir
  3. Adorei a capa do conto, gosto de romance, mesmo com as partes repetitivas eu quero conferir!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A capa foi um motivo que me fez querer ler. Leia mesmo!

      Excluir
  4. Oi, gostei da história. Adicionei no meu skoob, bjos!

    Blog Literário 2

    ResponderExcluir
  5. Adorei a história. Tenho muita vontade de ser au pair um dia e com certeza vou ler ainda essa semana!!! <3

    xox
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  6. Oi
    Muito boa a sua resenha, gostei da trama e fiquei curiosa para ler. O livro é bem fininho e a leitura vai ser bem rápida. Estou curiosa para saber mais sobre o livro ;)
    Beijinhos
    Renata
    Escuta Essa

    ResponderExcluir
  7. Oie.
    Gostei da resenha! Fiquei interessada em ler, acho que iria curtir.
    Irei anotar aqui para ver se leio algum dia!
    Beijos,
    Keth.
    Blog: www.parbataibooks.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oiii meninas

    Essa dica deixarei passar porque romances eróticos não são muito o meu estilo e pra me prender o livro precisa ter aquele algo mais. O grande problema com romances eróticos é exatamente essa questão de se tornar repetitivo, isso me cansa e me tira a vontade de ler.
    Achei a capa linda.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Um conto agora cairia super bem.
    Adoro começar e terminar uma história no domingo, acho tão gostoso, rs.
    Beijos
    https://estante-da-ale.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oii,
    Não conhecia o livro, mas a premissa é bem interessante. Não sou de ler tantos eróticos mas esse parece ser bom.
    Bjs e um bom Domingo!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  11. Acho que leria esse livro. Gosto de narrações intercaladas entre personagens. Realmente não fica nem um pouco cansativo. Chato essa repetição nas cenas quentes.
    Beijos,
    Monólogo de Julieta

    ResponderExcluir