Resenha #81 - O Guardião

por - outubro 24, 2016

Título: O Guardião
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Gênero: Ficção | Romance | Literatura Estrangeira
Páginas: 352
Lançamento: 2016
Skoob: (Ler +)
Comprar: (Site da Editora)
Classificação: 
[Livro cedido pela editora em parceria]
Sinopse: "Aos 25 anos, a doce Julie Barenson perdeu seu grande amor para uma doença impiedosa. Porém, ao partir, o marido lhe deixou dois presentes inesperados: um filhote de cão dinamarquês chamado Singer e a promessa de que cuidaria dela para sempre, onde quer que estivesse. Quatro anos depois, Julie enfim está pronta para tentar amar de novo e se vê dividida entre Richard Franklin, um belo e sofisticado engenheiro que a trata como uma rainha, e Mike Harris, um mecânico gentil que – junto com Singer – tem sido seu melhor amigo desde que ficou sozinha. Ela tem que tomar uma decisão. Só não pode imaginar que, em vez de lhe trazer felicidade, essa escolha transformará sua vida num pesadelo causado por um ciúme tão doentio que está a um passo de se tornar criminoso. O guardião contém tudo o que os leitores esperam de um romance de Nicholas Sparks, mas desta vez ele se reinventa e acrescenta um novo ingrediente à trama: páginas e mais páginas de muito suspense."

 Opinião: Sempre ouvi falar muito bem das obras do Nicholas, mas toda vez que leio algo dele consigo me surpreender. Não é um livro 'bom', é incrível, instigante e lindo!



Começamos com a personagem Julie, uma cabeleireira que vive em uma cidadezinha na Carolina do Norte. Seu marido, Jim, morrera há 4 anos e lhe deixou, por mais curioso que pareça, um filhote de cachorro para lhe fazer companhia. Assim, aos 25 anos Julie ficou viúva e desde então vem vivendo um dia após o outro, curando a ferida que ficou em seu coração.

"Alguém resolveu me dar um filho de cachorro, pensou Julie. E um filhote feio."

Somente agora, 4 anos depois, é que Julie voltou a pensar em conhecer novos homens e com isso começa a sair em alguns encontros. Finalmente, Julie conhece Richard, um homem que é tudo de bom, engenheiro e que a mima de todas as maneiras possíveis. 

Mas seu melhor amigo, Mike, não está gostando nada disso. Ele sempre nutriu sentimentos profundos por Julie, mas nunca pode seguir adiante por respeito ao seu amigo falecido Jim. Além disso, se o relacionamento não funcionasse, Mike não gostaria de perder a incrível amizade que tem com Julie.

Mike é mecânico e música nas horas vagas, muito gentil e lindo. Era melhor amigo de Jim, conforme dito acima, e também ficou arrasado com a morte dele. Agora, Mike ajuda Julie no que pode, desde consertando as coisas em sua casa, até conselhos amorosos. Mas ao ver que o relacionamento com Richard está a um pé de se tornar sério, Mike sabe que está em apuros e precisa agir para não perder o amor de sua vida.


"O que Jim pensaria disso? Ela algum dia conseguiria olhar para Mike sem pensar em Jim e nos momentos em que estiveram juntos? Julie não sabia."

É nesse momento da história que Julie finalmente começa a perceber Mike como algo além de seu amigo e irmão. Ela percebe seus braços fortes, seu jeito sempre amigável e confiável, e principalmente, o quanto seu cachorro, Singer, o ama. Totalmente dá para confiar no instinto dos cachorros, não? E já que estamos falando nisso, Singer nunca gostou de Richard.

Após terminar com Richard é que as coisas começam a ficar estranhas. Julie fica incomodada com a forma como ele faz de tudo para conversar com ela, mesmo já tendo terminado o que havia entre eles. Além disso, ligações anônimas são feitas diariamente para Julie e ela finalmente se apavora quando, em um só dia, recebe 20 ligações e em nenhuma delas ninguém fala nada.

Mas como provar algo que não se tem provas? O psicopata tem uma mente doentia, manipuladora e fará de tudo para ter Julie só para ele. Perseguindo-a psicologicamente, jogando com Julie, acompanhando seus passos, seguindo-a e tirando fotos excessivamente. Neste momento fiquei impressionada com a forma como o autor soube demonstrar a aflição e o desespero de Julie, seu medo de estar sendo observada e seguida. Até nós ficamos apreensivos com o que se passa com ela.

"- Eu te amo - repetiu ele. - Sempre te amei.
Não se mexa, pensou ela. Ou ele te matará. [...]
- Diga. Diga que me ama. [...]
- Eu te amo - sussurrou, à beira das lágrimas.
- Diga de modo que eu possa ouvir. Com sinceridade.
Começando a chorar, ela disse:
- Eu te amo."

Singer também tem um papel fundamental na trama e acabamos amando ele mais ainda. Ele é fiel, carinhoso e um tanto mimado, mas no fundo só quer proteger Julie. Ah, e ele tem pensamentos e atitudes como humanos, é até engraçado de ver!

Enfim, uma narrativa maravilhosa, com capítulos em tamanhos bons, terceira pessoa e alternando entre os personagens. Amei o desenvolvimento do relacionamento da trama e principalmente o fato de que o romance não era o foco, mas sim o thriller, o qual foi desenvolvido com perfeição pelo autor. A tensão nos domina facilmente e não conseguimos parar até descobrir o desfecho disso tudo.

"E como num sonho, pelo canto do olho Julie viu um vulto surgindo sobre a duna, seu guardião correndo no escuro."

A diagramação está impecável, básica e linda, com detalhes nos capítulos e letras em tamanho ótimo. As páginas amarelas me ganharam, como sempre. E a capa, nem preciso dizer, ficou maravilhosa. O nome do livro é condizente com a trama e tem um significado muito lindo, adorei.


Para quem quiser uma leitura carregada de surpresas, reviravoltas, corações acelerados e um romance fofo e lindo, super recomendo esse livro. Novamente, entrou para os meus preferidos e não tenho como não dizer que amei do início ao fim. Espero que tenham gostado, beijos e até a próxima!



♥ Você também vai amar:

24 comentários

  1. Oi!
    Nicholas é um escritor e tanto né? Eu adoro as narrativas dele, não tem como amar a forma como ele aborda todas as tramas!
    Antes de ler a sua resenha eu já percebi que seria bom, depois de ler notei que era incrível!
    Beijão
    http://www.a-toca.com/

    ResponderExcluir
  2. Eu amo o Nicholas e esse livro eu amei infinitamente! Tenho o livro na capa anterior, mas essa capa está tão maravilhosa. Ele soube descrever bem todos e foi cheio de surpresas nesse livro. Me deu até vontade de reler. <3

    Beijos. | * Blog PS Amo Leitura *

    ResponderExcluir
  3. Olá
    Não sou muito fã do autor, acho ele meio repetitivo, mas esse me pareceu bem diferente, gostei dessa pegada stalker, parece medonha, e isso finalmente despertou minha curiosidade com relação ao autor

    ResponderExcluir
  4. Oi amores! Eu gosto muito dos romances do Nich (sou íntima), mas o que me repele é que, uma das suas características é o drama, então sempre encontramos a morte em alguma parte dos seus livros. Quando ocorre logo no início tudo bem, agora de maneira inesperada, qdo já temos certa ligação com o personagem, quase morro.
    Mas enfim, sempre são histórias inesquecíveis, vale muito a pena.
    Adorei a premissa dessa obra, na oportunidade com certeza lerei.
    Beijos
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, tudo bom?

    Eu era viciada em ler os livros do Nicholas, mas depois me frustrei quando não consegui ler O melhor de mim. Achei a leitura meio arrastada e já tentei ler duas vezes, mas não consigo. Desde então não li mais nenhum livro do autor, fiquei de ressaca ele kkk. Quem sabe um dia ela acaba e dou uma chance para O guardião!

    Beijos:*
    treslivrolatras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Tenho que confessar que não me apego muito as histórias do Nicholas Sparks. Nunca foi algo que me chamasse muita atenção como para muitas pessoas. Mesmo assim, gostei muito dessa capa, e a resenha me deixou até curiosa com a história..

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  7. Eu não curto muito os livros do Nicholas, mas já li alguns.
    Ganhei esse livro há alguns anos atrás em um sorteio, ainda é aquele da capa branca, mas não senti vontade de ler.
    Fico feliz que tenha curtido a leitura, eu espero poder ler o meu um dia... rs

    Raissa Nantes

    ResponderExcluir
  8. Oi!
    Eu já li dois livros dele se não me engano. Escreve muito bem! Mas eu acabo deixando alguns livros de lado pois sempre acho que é mais do mesmo... Não deixo de gostar dele, diverte e emociona muito :) Adorei a resenha!
    Abraço!

    ResponderExcluir
  9. Olá!
    Parece ser realmente um livro muito tocante. Na realidade, as obras do Spark geralmente são, e embora eu so tenha lido um livro do autor, acho legal ele aprofundar tanto sobre sentimentos e talz. Não é muito meu estilo de leitura, mas gostei desse. Vou procurar outras resenhas pra saber um pouquinho mais.

    Abraços
    David
    http://territoriogeeknerd.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Ahh eu não li ainda, mas acho super bacana o autor ainda conseguir surpreender! E como eu tenho dificuldade com dramas fiquei feliz em saber que tem um bom suspense <3

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  11. Oii, amo suas fotos! Dá até vergonha das minhas hahaha
    Eu gosto do Sparks, mas ler muito dele me canso. Fico surpresa que você foi surpreendida, porque apesar dele ser bom, pra mim sempre parece quase tudo meio igual hahaha

    Beijos,
    Natália.

    www.doprefacioaoepilogo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Oi meninas, suas lindas, tudo bem?
    OMG!!!! Eu não reconheci a capa e tive que me levantar para ver se já tinha esse livro, já tenho, mas o meu é uma edição diferente, a capa é outro. Não sabia que tinha esse suspense, pensei que o foco era o romance. Será que é o Richard mesmo que está lhe perseguindo? Mesmo se for, dá medo!!! Adorei, não vejo a hora de ler!!!! A resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Oiii, tudo bem?
    Que livro mais lindo é esse gente? Fiquei apaixonada por essa capa e o Nicholas sempre nos emociona em suas obras, adoraria mesmo realizar a leitura e sua resenha ficou um amorzinho, só me deixou babando aqui querendo mais e mais!
    Abraços

    ResponderExcluir
  14. Oie
    muito legala resenha, já li o livro e gostei bastante na época, hoje ja nao lembro mais nada haha nicholas é ótimo

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. OOi!
    Acredita que nunca li nada do Nicholas? Pois, é! kkkk
    Até tenho bastante vontade, mas, sabe como é... A lista é grande, e outros acabam entrando na frente.
    mas espero ter a oportunidade de ler algo dele algum dia. Esse mesmo, parece ser ótimooo! ❤

    Beijoos!
    Estante Mineira

    ResponderExcluir
  16. Preciso ler!!!! Adoro o Tio Nicholas que não sabe brincar Sparks. Tanta gente fala tanto dele, que não gosta pq ele nos faz sofrer, que ele mata os personagens ou que todos os livros são iguais. Pfff, papo furado. Adooooro! E vc me deixou mega curiosa com essas surpresas e reviravoltas.
    Bjk
    www.viciadosemleitura.blog.br

    ResponderExcluir
  17. oie. eu gosto do sparks apesar de dizerem que tem muito drama nas obras dele, eu não acho que tem tanto assim, e gosto do modo como ele conduz as coisas. eu já li esse livro mas não lembro nada, nada, então preciso reler, e gosto do modo como ele criou um enredo que envolve um problema sério e verídico, que é os relacionamentos que terminam e que o cara não se conforma e persegue a mulher como um psicopata. e o papel do cachorrinho é ainda mais fofo né. espero reler e que bom que você gostou.

    ResponderExcluir
  18. Olá!!!
    Nossa tenho que te confessar que acho que esse é o melhor livro do Sparks na minha opinião. Sou uma fã assumida do autor e fiquei completamente alucinada com essa leitura, porque ele de uma certa forma muda um pouco o padrão Sparks né?

    beijos
    Mayara
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  19. Já li alguns livros de Nicholas, e ele tantos livros parecidos, mas parece que enfim ele conseguiu se diferenciar nesse enredo. Adoro historias com reviravoltas e surpresas a cada capitulo, isso faz com que eu não me desanime da leitura.

    ResponderExcluir
  20. Olá linda,

    Primeira vez que alguém consegue fazer eu querer ler novamente os livros de Sparks.
    Sua resenha conseguiu mostrar o enredo sem aquele parte dramática que tira minha paciência nos livros do autor e até a abordagem nova da história me despertou uma curiosidade intensa.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  21. Olá, adorei a resenha, parei um pouco com os livros do nicholas, mesmo ele sendo um dos meus autores favoritos, e é o autor que eu mais tenho livros na estante, mas esse é o livro dele que eu mais tenho vontade de ler, ele era bem dificil de ser encontrado mas agora que foi relançado irei correr para ler, nunca tinha lido uma resenha dele e adorei a sua, adoro quando o Nicholas se arrisca a fugir da mesmica do romance e adciona algo a mais

    ResponderExcluir
  22. Ola lindona essa nova capa está linda demais, o ciúmes e um sentimentos que em doses exageradas causa muitos transtornos, imagino o inferno que ele vai causar a nossa protagonista. A premissa em si já me chamou atenção vou ler com certeza. beijos

    Joyce
    wwww.livrosencantos.com

    ResponderExcluir
  23. Oie! Sensacional sua resenha, Nicholas é incrível e já li alguns livros dele com um lenço ao lado. Já quero ler o mais rápido possível esse livro. Sua empolgação me deixou animado. Já ta na lista.

    ResponderExcluir