Resenha #85 - Os Filhos da Morte - O Guerreiro das Sombras

por - novembro 04, 2016

Título: Filhos da Morte - O Guerreiro das Sombras
Autor: Thomas Oden
Editora: Independente
Gênero: Fantasia | Distopia
Capítulos: 93
Lançamento: 2016
Wattpad: (Ler gratuitamente)
Classificação: 
[E-book disponível gratuitamente na plataforma Wattpad]
Sinopse: "A única esperança do mundo é uma cidade a qual, cercada por muralhas imensas, é a última cidade do mundo. O reduto é governado por um deus tirano, que baseia seu regime de servidão e racismo em seu próprio livro religioso. As raças são divididas em castas e, alguns homens, da casta servil, vão ousar desafiar o poder divino. A luta é pelo conhecimento, e por entender o passado nebuloso que gerou a Cidade Murada. Duvide de tudo, não confie em ninguém. A verdade pode ser muito mais sufocante do que parece: Até que ponto o mundo deles é real?"

 Opinião: Esse é um livro com uma proposta diferente, um mundo muito bem construído e com personagens peculiares. A premissa é muito boa e realmente me impressionou, com todos seus detalhes e características.

Começamos com um mundo totalmente diferente do que conhecemos, dentro dessa Cidade Murada existem várias classes de pessoas, por assim dizer, começando com raças de alto escalão e terminando em pessoas menos favorecidas e, geralmente, tratadas como inferiores. Vemos com facilidade as características da escravidão e servidão, além de claro racismo entre essas classes.

"O mundo pereceu. Ninguém sabe certo como, mas a prosperidade esvaiu-se, e foi austeramente substituída por uma era árida, a qual perdura há séculos."

Para especificar melhor, existem as raças puras, ora intituladas Otaythes, Nogaus e Deahus, que correm risco de extinção. O responsável por erguer a Cidade Murada chama-se Gernathon, e é um mago Otayth. Por fim, os Nogaus são os que estão em posição servil e são tratados de maneira humilhante e degradante.

Atualmente, essa hierarquia está muito delicada, existem resistências e ainda, existem rumores de que uma guerra está prestes a explodir. 

"É questão de tempo para uma guerra começar dentro dessas muralhas. Ninguém sabe quando ela ocorrerá e nem qual será o resultado desta. Poderia ser o fim das raças puras, ou até mesmo a extinção dos nogaus, para os otimistas, quem sabe, um golpe político."

Como personagens atuantes temos, em primeiro lugar, Ahkar, um escravo que, após ser muito maltratado e humilhado, resolve se juntar à resistência, como forma de se livrar dessa forma de vida e buscar um futuro melhor. Ou simplesmente matar aqueles que lhe humilharam. 

Achei interessante que nessa sociedade as mulheres são raras. Muitos homens nunca nem viram uma mulher na frente e alguns lembram vagamente da época em que elas viviam junto aos homens. Para ter uma mulher (sim, ao que parece elas são tratadas como um objeto), existe um procedimento a ser seguido e regras impostas. 

Toda a trama gira em torno dessa revolta, seus membros farão de tudo para alcançá-la e os mais fracos acabarão se tornando peças valiosas nesse caminho. Segredos serão descobertos e muitas reviravoltas acontecerão.

"- Antes que você me mate de rir, eu destruirei seu movimento e tudo que você conquistou com ele. Nenhuma memória de vocês permanecerá viva, e Gernathon continuará sendo o único deus das raças puras."

Em um todo, a ideia da obra é incrível, um mundo bem construído, expressões únicas e bem caracterizadas, além de personagens que são corajosos e não tem medo de se impor. Infelizmente, senti falta de um pouco mais de desenvolvimento. Para mim pareceu que tudo acontecia rápido demais.

Um ponto forte da obra é que não vemos coisas repetitivas, o autor soube bem trabalhar suas expressões de forma a não ficar cansativo. Em contrapartida, como já mencionei, faltaram detalhes, diálogos mais longos e introduções às cenas principais. Basicamente, tudo acontecia e já acabava, não éramos preparados para o que viria a seguir e, de repente, eu me via no final de uma cena e tinha que voltar para entender como acabei indo parar ali. 

No geral, o ponto que mencionei não é um defeito da obra, creio que, se for um pouco mais trabalhada, esta será uma história incrível, já que a ideia em si é única e original. O autor tem vários pontos fortes, soube bem descrever as cenas, a violência foi muito bem retratada e essa sociedade em que os personagens viviam, além de cenários incríveis, nomes criativos que foram criados e que deram vida a essas personagens, além de um clima que suspense e medo que foi capaz de nos envolver em praticamente todo o momento.

Enfim, é uma boa leitura para quem gosta desse gênero, é bem rápida, apesar dos vários capítulos e o melhor: está disponível gratuitamente na Amazon para você tirar suas próprias conclusões e se aventurar na Cidade Murada! Espero que tenham gostado, beijos e até a próxima!



♥ Você também vai amar:

12 comentários

  1. Gente, que livro diferente! Já vou adicionar no wattpad pra eu começar a ler.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Um livro bem forte para mim, eu me arriscaria, porém a capa deixou um pouco a deseja, mesmo assim eu leria com prazer <3

    Beijão

    Blog>> www.seteprimaveras.com

    ResponderExcluir
  3. Oiii Lilian e Stela, como vcs estão?

    Achei a obra diferente, por causa desse detalhe de quase não haver mulheres na sociedade deles. Acho que os fatos ocorrem de maneira precipitada justamente por causa do numero curto de páginas, talvez se fosse mais largo teria sido melhor desenvolvido. Enfim, gostei de saber da existem cia desse livro, uma opção bem interessante. Por agora não me chama muito a atenção, porque ja tenho muitos pendentes e nenhum tempo pra ler nem esses, mas quem sabe futuramente com mais tranquilidade eu confira essa historia ja que está no Wattpad.

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  4. Oi!
    Que proposta diferente esse livro traz, realmente é uma premissa bastante única mas fiquei muito desanimada com a falta de desenvolvimento que você citou, ainda mais pelo autor não trabalhar melhor os diálogos que pra mim são um ponto forte em qualquer trama. Por esses motivos esse é um livro que eu não leria nesse momento, mas fico muito propensa a dar uma chance no futuro.
    Bela resenha, parabéns!
    Beijos!
    Por Livros Incríveis

    ResponderExcluir
  5. Oi, apesar de achar que a historia não é clichê e ter achado a premissa interessante não sei se o leria agora. A falta de diálogos que você mencionou e o não desenrolar da cena, me faz pensar que a leitura não vai me agradar. Acho essencial para a leitura, ainda mais em uma trama que parece envolver vários grupos. Bom saber que está disponível no wattpad, vou ver se adiciono a biblioteca para um dia dar uma conferida.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá! Gostei muito da sua resenha, muito bem escrita e me fez desejar ler esse livro. Ao que parece o autor cometeu os mesmo erros que cometi no meu Nacqua, e só isso por si só já me faz querer ler o livro. Além do que histórias criativas, com um mundo diferente mexe como minha cabeça, sou simplesmente apaixonada pelo mundo da fantasia, talvez seja até por isso que escrevo. Beijos e obrigada pela dica. Super anotada.

    ResponderExcluir
  7. http://colecoes-literarias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu não sou acostumada em ler no wattpad, porque simplesmente nunca acho uma obra que realmente me faça ficar com vontade, mas essa parece ser incrível e fiquei morrendo de vontade de conferir.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Oi, flor.

    Achei a proposta desse livro bem interessante. Nunca vi uma distopia tão diferente e com pouquíssimas páginas. Já fiquei interessada em conferir a leitura ainda mais q é um gênero q eu amo de paixão. Fico feliz q vc tenha gostado da leitura e achado incrível, apesar de vc achar q merecia algo mais trabalhado. Gostei bastante das suas considerações e já adc o livro a minha lista de desejados. Amei!

    Beijos.
    www.anebee.com.br

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Achei a premissa do livro bem diferente e já adicionei no Wattpad para futura leitura.
    Desconhecia o autor e sou apaixonada por fantasia, principalmente as que envolvam magia.
    Talvez essa falta de introdução às cenas me incomode um pouco também, mas com certeza farei a leitura para conferir de perto essa revolta e como tudo irá acontecer.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Eita 93 capítulos? Que loucura!
    Eu infelizmente abandonei a plataforma não uso pra mais nada.
    Mas desejo todo sucesso ao autor.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir