Resenha #94 - Essa Luz Tão Brilhante

por - novembro 28, 2016

Título: Essa Luz Tão Brilhante
Autora: Estelle Laure
Editora: Arqueiro
Gênero: Não Ficção | Romance
Páginas: 208
Lançamento: 2016
Skoob: (Ler +)
Comprar: (Site da Editora)
Classificação: 
[Livro cedido pela editora em parceria]
Sinopse: "O pai dela surtou e foi internado. A mãe disse que ia viajar por uns dias e nunca mais voltou. Wren, sua irmãzinha, parece bem, mas já está tendo problemas na escola. Lucille tem só 17 anos, e todos os problemas do mundo. Se não conseguir arrumar um emprego para pagar as contas e fingir para os vizinhos que está tudo em ordem, pode perder a guarda da irmã. Sorte a dela ter Eden, uma amiga tão incrível que se dispõe a matar aulas para ajudá-la. Azar o dela se apaixonar perdidamente justo agora, e justo por Digby, o irmão gêmeo de Eden, que é lindo, ruivo... mas comprometido. Essa luz tão brilhante é a história de uma garota que descobre uma grande força dentro de si enquanto aprende que a vida e o amor podem ser imprevisíveis, assustadores e maravilhosos – tudo junto e misturado."

 Opinião: Essa Luz Tão Brilhante é um livro tocante, que nos faz pensar, nos faz querer ajudar a protagonista a 'segurar a barra' e, principalmente, nos ensina sobre o poder da amizade e da solidariedade.


Nossa protagonista se chama Lucille, uma adolescente de 17 anos que, infelizmente, não pode-se dizer uma garota normal. Ela possui uma irmã mais nova de 9 anos, chamada Wren e seus pais lhe abandonaram: seu pai teve um surto e foi internado em uma clínica psiquiátrica e sua mãe, por não conseguir lidar com isso, simplesmente foi embora deixando suas duas filhas sozinhas e desamparadas.

Sem dinheiro, sem emprego e sem idade suficiente para lidar com uma irmã e uma casa sozinha, Lucille se vê desamparada e desesperada. O que fazer para reverter isso? Ela não pode contar a ninguém, pois a assistência social tiraria sua irmã dela e, com isso, elas seriam separadas. Definitivamente, não poderia acontecer.

"Ela parecia tão desesperada para que aquilo fosse verdade que eu tive que me virar para o outro lado. Eu sabia que ela não estava sorrindo porque tudo ficaria bem. Ela estava sorrindo porque não ficaria, e porque não havia mais nada que ela pudesse fazer."

Ah, sem esquecer, Lucille possui uma melhor amiga chamada Eden, cujo irmão mais velho se chama Digby. É com a ajuda dela que Lucille começa a 'segurar as pontas' inicialmente, ela consegue um emprego como garçonete e Eden cuida de sua irmãzinha nessas noites, enquanto Digby faz sua parte buscando Lucille no trabalho. É difícil, mas não existem opções.

As coisas logo se complicam quando Eden diz que não pode mais cuidar de Wren, pois está sendo prejudicada no balé e, com isso, no desespero, elas brigam e Lucille se vê novamente sozinha. Mas, para sua surpresa, Digby não a abandona, ele na realidade, a ajuda muito.


Todavia, esse envolvimento acaba se tornando muito perigoso, pois a atração entre eles é inegável, pois Digby é comprometido. Aliás, muito bem comprometido. Logicamente que isso não ia impedi-los de continuar nessa trama perigosa.

"Como é que num dia Digby era o irmão reconhecidamente superfofo de Eden e no dia seguinte roubava o ar, causava calafrios e fazia todas as minhas entranhas se contorcerem? [...] Só sei que os meus sentimentos idiotas e irritantes comprometeram completamente a minha capacidade de funcionar quando estou perto dele, que quero diminuir o espaço entre nós e me enrolar toda nele."

A parte boa nisso tudo é que, ao que parece, Lucille e sua irmã possuem alguns anjos da guarda, pois elas vêm sendo agraciadas com compras, suprimentos e até reparos em sua casa, enquanto estão lutando para se manter fingindo estar tudo bem. Elas não poderiam agradecer menos, mas isso também significa que alguém sabe que elas estão sozinhas e isso, querendo ou não, é um risco.

Esse livro me deixou muito desconcertada, na verdade, eu me senti tão frágil ao incorporar a personagem. Lidar com o abandono dos pais e ainda ser forte para manter sua irmã, definitivamente não é fácil. Ela tenta segurar todas as pontas soltas, mas ela não é adulta, ela não é uma mãe, então o desespero lhe atinge em algumas vezes, mas logo ela se preenche de força ao ver que, sim, ela tem pessoas que lhe querem bem. Então continua.

"Confiança. O que isso quer dizer, aliás? Você entrega a faca para uma pessoa quando confia nela. [...]
Digby tem uma faca na mão.
E agora Shane.
É um monte de facas.
Sinto as lâminas roçarem na minha garganta e fico torcendo para que as mãos que seguram as cadas sejam firmes."

A parte que mais me tocou em tudo isso foi o fato de que ela teve de ser adulta, fora obrigada a ser, na verdade. Ela tomou a responsabilidade para si e foi em frente, mesmo que sem escolha, ao contrário dos pais, que teriam de estar fazendo esse papel. Na verdade, eu fiquei irritadíssima com esses pais dela. A mãe simplesmente desapareceu e não teve a decência de ligar nem no aniversário de Wren e o pai acha que tem o direito de estar 'se recuperando', enquanto suas filhas lutam para se manter.


Então, me agradou muito que a nossa personagem não é cheia de 'mimimi', ela é forte e supera cada obstáculo. Ela não tenta ser a vítima, ela tenta mostrar a todos que está tudo bem, que ela vai conseguir, é lindo. Sim, ela tem seus momentos de autopiedade, mas só para si. O foco da história é justamente a superação, a força e a amizade.

"Estamos deitadas juntas na cama. Eu me enrolo ao redor dela. Ela apoia a cabeça no meu braço e eu a abraço bem forte.
Não sei dizer quem de nós tem mais medo de ficar sozinha."

Já, em contrapartida, o romance entre ela e Digby, não me agradou muito. Lógico, eu o amei de cara, tudo que uma menina poderia querer, mas simplesmente não senti intensidade no romance desenvolvido entre eles. Tudo pareceu acontecer rápido demais, mas sem justificar o final deles, como eles chegaram ali. Entendi que a situação os fez sentir tudo mais intensidade, mas para mim, leitora, não pareceu tanto assim.

"Ele estende a mão para mim. [...] Agora está desperta e tocando. Traça o contorno do meu ombro, desce pelo meu braço, desliza pela minha mão. [...].
Todo o sangue do meu corpo está nos pontos em que ele tocou.
Uma guerra.
Uma luta mortal."

Quanto à diagramação, não tenho o que reclamar. A capa é linda, vibrante e condizente com a história, as páginas são amareladas e as letras em com tamanho, com espaçamentos ótimos. Temos alguns detalhes nos capítulos que dão um toque mais fofo no livro e, por fim, não encontrei nenhum erro de revisão ou gramática.


Quanto à narrativa, a autora soube conduzir muito bem a história e me surpreendi com o desenvolvimento dos personagens. Os temas que ela abordou também foram ótimos e a forma como ficamos conectados com a história é incrível, não tenho o que reclamar.

Apesar de a história deixar muitas pontas soltas no final (sim, eu queria arrancar meus cabelos por não saber o que iria acontecer), é um livro que vale a pena ser lido. Quanto a isto, já adianto que terá sim uma continuação (eu pesquisei incessantemente hahaha) e, ao que parece, é intitulado But Then I Came Back.

"Então os dedos dele estão no meu braço de novo, tocando bem de leve, percorrendo minha pele devagar, e meus pulmões estão enormes, como nunca antes. Não quero que isso acabe nunca.
Toque minha pele para sempre."

Então, eu super recomendo a leitura, mas já adianto que lhe fará se emocionar, se angustiar, se alegrar e, principalmente, se apaixonar por esses personagens tão fortes e tão bondosos. Espero que tenham gostado, beijos e até a próxima!




♥ Você também vai amar:

31 comentários

  1. Que resenha maravilhosa! Eu quero mito ler o livro, e até já espero que ele tenha ponta soltas, então somente espero ter oportunidade para começar a leitura. A capa é realmente maravilhosa. Uma coisa que me irrita são pais desse tipo, negligentes. Sério, se fosse comigo eu já teria mandado pastar há muito tempo.
    Beijo! Leitora Encantada

    ResponderExcluir
  2. Que linda a resenha!! Não li ainda o livro, mas o fato da personagem, apesar dos pesares, não ser mimizenta me agrada bastante. Acho que vai ser uma leitura de me arrancar lágrimas!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oii,
    Já ouvi falar do livro, e acho muito interessante a premissa dele.
    Está na lista para ler em breve.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  4. Eu ainda não li o livor mas sem dúvidas é uma trama comovente. Eu tenho visto algumas resenhas desse livro e a maioria elogia muito, assim como você, mas não acredito que seja tudo isso. De fato, parece ser um livro muito bom e a leitura deve ser envolvente, mas algumas coisas na premissa me fazem pensar que nem tudo é tão perfeito assim.

    ResponderExcluir
  5. Já li criticas positivas e negativas em relação ao livro e isso em deixa dividida se irei gostar ou não. Acho que eu também me irritaria muito com os pais da personagem. Achei a capa linda demais!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá
    Eu também já fiz essa leitura e gostei bastante da história. É um livro que deixa pontas soltas mesmo, e isso me irritou sim. O desenvolvimento dos personagens. Adorei poder conferir suas impressões a respeito. Essa capa é linda <3
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  7. Que pena que teve pontos do livro que não lhe agradou tanto quanto esperava. Acho a capa desse livro super linda, mas também não sei se leria :)

    www.vivendosentimentos.com.br

    ResponderExcluir
  8. Olá
    Esse livro é cheio de cosias não? Eu particularmente achei bem legal a sua leitura, e o fato da nossa protagonista ter se tornado adulta a força, e segurar a barra de cuidada da irmã, trabalhar e estudar bem difícil. Eu fiquei bem chateado pelo final do livro ter sido tão solto, achei também bem desnecessário tem uma sequência, ;pois o livro é tão curtinho, acho que daria pra ter posto tudo em uma única obra, mesmo assim quero que essa sequência saia o quanto antes. Até mais
    Bjks

    ResponderExcluir
  9. Eu amo livro que nos passam uma lição seja sobre amizade ou amor, esse livro parece ser um deles, além de ser lindo demais em capa e diagramação. Pelas opiniões que vi até agora todos concordam com você sobre a questão de querer segurar a barra junto com a protagonista kkkk Pretendo ler em breve. beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá!
    Coincidentemente, acabei de ler uma resenha não muito positiva a respeito desse livro, o que me fez ficar um pouco desanimado.
    Ao ler a sua, decidi insistir com a leitura, pois acho essa capa linda.
    Lucille é uma protagonista forte pelo que percebi, ainda mais pelo fato de ser abandonada e ter que cuidar da irmã.
    Acho que é uma história emocionante. Vou querer conferir em breve.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oie,
    Primeiramente tenho que elogiar suas foto pois cada uma ficou mais linda do que a outra!
    Em segundo lugar devo dizer que essa capa é linda de morrer! Queria muito na estante!
    Gostei muito da sua resenha, sua visão é bem diferente das outras resenhas que vi sobre o livro em blogs, mas ainda sim não consegui me interessar pela leitura do livro.
    Beijos
    Blog Relicário de Papel

    ResponderExcluir
  12. Oiii meninas

    Esse final é oque me assusta. No começo eu era louca pra ler esse livro, mas fala sério, é muito frustrante curtir tanto uma leitura e no final a autora ter deixado tantas pontas soltas. Até quero ler esse livro, mas já nem sei bem o que esperar...rsrs

    Beijokas

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  13. Oi meninas! Todas bem? Eu tenho a mania horrível de achar que capas fofas trazem histórias leves. Simplificando tudo: julgo o livro pela capa, uma das piores coisas para um leitor.
    Achei que se tratava de um enredo leve, daqueles pra ser lido em um dia sabe? Fiquei maluca ao ler a resenha e constatar o quão carregada de emoções é essa estória.
    Não consegui tomar a decisão se vou ou não ler, mas fiquei completamente curiosa.
    Beijos nas duas,
    http://lua-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Olá!! :)

    Eu já li uma resenha deste livro e continuo a dizer: a capa e maravilhosa!! :) ahah Mesmo linda!! E talvez leia...

    Bem, acho ótimo que tenhas gostado e que o desenvolvimento da historia e das personagens tenha agradado e surpreendido! Que venha a continuação!! :) ahah

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  15. Olá,

    Embora todo mundo diga maravilhas desse livro, confesso que não consigo me interessar tanto. Acontece que não sou fã de dramas assim e já ouvi alguns comentários negativos sobre a protagonista ser um pouco egoísta e com isso fico aqui, indecisa, acho que vou precisar ler mesmo para descobrir o que pensar. Gostei muito das suas considerações e os pontos positivos que você apresentou, futuramente tenho certeza que irei dar uma chance a essa história.

    Abraços,
    Cá Entre Nós

    ResponderExcluir
  16. Olá!
    Ando vendo muitas resenhas desse livro e a cada uma que passa a minha vontade aumenta. Andei percebendo que o romance principal realmente não agradou ninguém, uma pena, a autora pode trabalhar essa parte bem melhor no próximo volume. Minha curiosidade em conferir essa obra só aumenta!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  17. Oi!

    Eu até tenho curiosidade com esse livro, mas não muita sabe? Eu acho que vai ser uma leitura legal e só. Fico feliz que a personagem não fica de mimimi, gosto assim haha. De qualquer forma, espero gostar da leitura. Quem sabe ano que vem eu não leia? haha

    bjs =)

    ResponderExcluir
  18. Olá!
    Li esse livro e foi uma leitura agradável, mas teve alguns pontos negativos, sabe? Eu vi a Lucille como uma protagonista 'mimimi' em alguns momentos, diferente de você. Mas, mesmo com esses mimimi's ela foi uma personagem que foi atrás das coisas para ficar com a irmã e gostei disso.
    O principal problema foram as pontas soltas, mas teremos uma continuação, não é?
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  19. OIe!
    Só de saber que terá uma continuação, já não me importo com as pontas soltas do livro. Acredito que vou me incomodar com isso, mas como tem um próximo livro, não vou ficar martelando tanto quanto a isso. Gostei bastante dessa indicação.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  20. A capa desse livro é bastante chamativa. Acho que só pela capa e sinopse já iria querer ler. Fiquei muito curiosa em relação a conferir a personalidade forte da Lucille e o que os pais dela fizeram, deve ser algo bastante grave mesmo. Gostei da premissa e quero ler, parece ser um livro leve e que nos leva a refletir em alguns pontos.
    Ótima resenha, beijos!

    ResponderExcluir
  21. Olá!
    A capa desse livro é muuuuuuuito linda e fiquei muito interessada em lê por causa da sua resenha!
    Sucesso flor! :)

    ResponderExcluir
  22. Olá. Tudo bem?
    Olha, eu posso dizer que algumas coisas me agradaram nesse livro outras não. Um coisa que me chamou atenção e fiquei imaginando foi o fato da personagem simplesmente se ver sozinha, sem os pais, e cuidado de uma irmã de 9 anos. Fiquei tentando imaginar a angustia que essa menina passa e pelo o que você comenta é possível perceber isso. Em contrapartida, o que não me agradou um pouco foi o romance, achei um pouco clichê. Não sei talvez isso não me agradaria muito, mas o conjunto da obra parece ser bem interessante. Obrigado pela dica.
    Abraço!

    meuniversolb.wixsite.com/meuniverso

    ResponderExcluir
  23. Oi!!
    Eu estou bem curiosa a respeito desse livro. A sinopse me agrada bastante e é do estilo de história que costumo gostar. E a capa realmente é bem bonita.
    Porém, também vi resenhas um pouco negativas sobre ele. Mas isso é bom para não começar a ler com muita expectativa e ai me decepcionar.
    Sobre o romance, que você não curtiu muito, ele parece - para mim, lendo só a sinopse e a sua resenha - meio que jogado na história. A protagonista passando por tantos problemas e ela está mais preocupada com o romance. Mas ainda não li o livro. Talvez essa minha visão mude depois.
    Bjss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/2016/11/um-livro-ok-o-grande-gatsby.html

    ResponderExcluir
  24. Olá, tudo bom?
    A história desse livro me lembra um pouco a novela mexicana Cúmplices de um resgate, quando o Joaquim - menor de idade - tem que tomar conta dos irmãos e esconder que foram abandonados para não serem separados. (não sei se essa novela é da sua época rs)
    Enfim, voltemos ao foco! rs
    Esse livro tem dividido muitas opiniões, mas, confesso que a premissa já me chamou a atenção juntamente com a capa. Curti muito saber a empatia que a personagem principal causou em você e que se trata de uma personagem forte, bem diferente daquelas cheias de mimimi. Curti muito essa premissa que se trata de força, superação e amizade.
    Enfim, mesmo com essas pontas soltas no final, quero conferir o livro e essa narrativa bem conduzida e surpreendente. Parabéns pela resenha super bem escrita!


    Beijos!!

    ResponderExcluir
  25. Oieee, tudo bem? Engraçado poder acompanhar a mesma história sob diferentes pontos de vistas. Em outra resenha, a personagem principal não agradou tanto, a você sim. Mas pontas soltas??? É de arrancar os cabelos mesmo. Acho que essa história tem tudo para ser emocionante, desde que tenha sido bem trabalhada nos pontos certos, como no caso do abandono dos pais da Lucille. Não estou bem certa se vou fazer essa leitura, mas o fato de ter lido divergências sobre a história me deixou curiosa, não posso negar! Bjossss

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  26. Oie, que bacana saber que essa história te tocou e emocionou. Eu tenho visto as opiniões bem divididas em relação a esse livro e isso me deixa bem curiosa e ao mesmo tempo temerosa em relação a lê-lo. Que bom que temos uma personagem que transmite muita força e não tem mimimis. E espero que a continuação venha logo para o brasil.

    ResponderExcluir
  27. Olá,

    Desde que vi esse lançamento, já o quis para ontem. Confesso que foi mais pela capa bonita do que por qualquer outro motivo. Não gosto de ler sinopses ou saber mais sobre os livros que pretendo ler. Só que desde que li uma resenha desse livro, tenho lido todas as outras que apareceram no meu caminho hahaha. Não estou alimentando minhas expectativas, pois li comentários bons e outros nem tanto sobre a obra. No entanto, estou bem curiosa para saber sobre o desenrolar dessa história.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  28. Acredite ou não, a sua resenha foi a mais positiva que li sobre esse livro, pois sempre vejo comentários a respeito de que a autora deixou pontos importantes para o desenvolvimento de fora. De qualquer maneira, me vi até um pouco animada. A vida da personagem parece ter sido bem difícil e passar sentimentos tão fortes deve ter sido esmagador. A capa é maravilhosa.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/
    Participe dos SORTEIOS de Natal que estão rolando lá no blog!

    ResponderExcluir
  29. Oiii!!!
    Que história incrível. Gente como pode uma mãe decidir abandonar a família só por que não suportou ver o marido ter um surto. Isso na verdade não é uma mãe de verdade, enfim, só lendo mesmo para saber se não estou pensando besteira também. Gostei da sua resenha, com detalhes bem relevantes sobre a história, mas sem dar spoiler.
    Beijos

    ResponderExcluir
  30. Oiee ^^
    Você não é a primeira pessoa a dizer que o romance não foi tão desenvolvido como poderia *-* é uma pena, pois eu adoro romance, e espero romance até onde não tem...haha'
    Esse livro parece ser incrível e muito marcante, e profundo também. Não imagino como deve ser ter tanta responsabilidade sendo jovem assim *-*
    MilkMilks ♥
    Milkshake de Palavras

    ResponderExcluir
  31. Oi querida,
    adorei a resenha. Já li o livro e como você também gostei. Pensei que fosse um livro de bobinho ou que fosse bem pesado para o gênero. Mas acabei me surpreendendo com a escrita da autora. O enredo é maravilhoso e a premissa é bem inovadora. Claro que o livro tem uns pontos negativos, mas nada que atrapalha-se minha leitura.

    P.S adorei as fotos ♥

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir