Resenha #107 - Diário de Uma Paixão

por - abril 05, 2017

Título: Diário de Uma Paixão
Autor: Nicholas Sparks
Editora: Arqueiro
Gênero: Romance
Páginas: 176
Lançamento: 2017
Skoob: (Ler +)
Classificação: 
[Livro cedido pela editora em parceria]
Sinopse: "Duke é um homem simples com uma vida modesta, mas amou alguém de todo o coração e, para ele, isso sempre foi suficiente. Na clínica de repouso em que vive, Duke se dedica a ler poemas para os outros pacientes, mas, para uma senhora que sofre de Alzheimer – e somente para ela –, lê um diário especial à espera de que um milagre aconteça. Nele está escrita a emocionante história de Allie Nelson e Noah Calhoun, dois jovens que descobrem o verdadeiro significado da paixão, mas são separados por uma série de obstáculos e mal-entendidos. Muitos anos depois, a vida dá conta de uni-los novamente e a paixão volta com todo o seu fulgor. Já noiva de um bem-sucedido advogado, Allie precisa optar entre manter o rumo estável de sua vida e se entregar ao verdadeiro amor, correndo todos os riscos. Com a leitura do diário, Duke recorda a própria vida e, às vezes, a senhora consegue romper as barreiras da doença e retomar sua antiga identidade alegre e vivaz. E, sempre que isso acontece, Duke tem a certeza de que o amor relatado nas páginas do diário é a força mais poderosa do Universo. Diário de uma paixão foi o primeiro romance publicado por Nicholas Sparks e é uma prova do talento que o consagrou por todo o mundo. Entremeando as histórias de Allie, Noah e Duke, ele construiu um conto romântico que se tornou um verdadeiro clássico."

 Opinião: Quem não conhece a história perfeita de Diário de Uma Paixão que atire a primeira pedra, haha! Sério, se você não conhece o livro, pelo menos deve ter assistido a adaptação feita, um filme lindo e emocionante. Com a história não é diferente, temos aqui dois personagens tão diferentes, mas que, incrivelmente, foram feitos um para o outro.

****Atenção, para quem ainda não conhece a história, essa resenha pode conter spoilers!****

Começamos com Duke, um senhor já de idade que vive seus últimos dias em sua clínica de repouso. Utiliza seu tempo livro para ler história, uma história em especial para uma pessoa em especial, uma senhora que sofre de uma doença chamada Alzheimer.

A senhora já está em estágio avançado de Alzheimer e, apesar de ter a história contada para ela diariamente, todo dia é uma nova experiência. Todos os dias Duke se apresenta com outro nome e conta-lhe a história, esperando que ela sinta o que vai acontecer ao final.


"E quando as enfermeiras entram, veem duas pessoas que precisam confortar: uma mulher tremendo de medo dos demônios em sua mente e o velho que a ama mais do que a própria vida chorando baixinho no canto, o rosto nas mãos."

A história que ele conta é de um casal, Allie e Noah, dois jovens que se conheceram em um verão, ainda bem jovens. A paixão deles foi momentânea e avassaladora, capaz de mudar para sempre a vida daqueles dois. Os momentos vividos por eles serão lembrados pela vida toda de cada um deles.

Todavia, por serem de classes sociais completamente diferentes, a família de Allie não apoiou o romance e contribuíram de forma significativa para que, após aquele verão, nenhum dos dois se reencontrasse. Por uma intervenção dessas Allie e Noah não tiveram mais contato, ambos pensando que o outro não lhe procurara.

Assim, eles continuaram suas vidas, seus corações quebrados e guardando aquele amor que jamais seriam capazes de esquecer. Mas as coisas mudam drasticamente quando Allie é pedida em casamento, apesar de amar seu atual noivo, ela sente que ainda existem coisas a serem esclarecidas em seu passado, decidindo então viajar um final de semana para a cidadezinha onde reencontrou Noah para acertar as pontas soltas naquele romance trágico.

"Allison Nelson, 29 anos, noiva, socialite, à procura de respostas e Noah Calhoun, o sonhador, 31 anos, visitado pelo fantasma que muitos anos passara a dominar sua vida."

Nenhum dos dois esperava a reação que teriam ao se reencontrar. Noah se apaixonou de novo por Allie e ela, por sua vez, sentiu o amor que nunca sentiria pelo noivo. Tinham muita coisa a acertar e esclarecer, mágoas e ressentimentos, mas o que havia de maior era o amor que nunca havia sido apagado.

"Ele simplesmente havia se apaixonado outra vez. Percebia isso agora que estavam ali sentados um ao lado do outro. Apaixonara-se por uma nova Allie, não só pela sua lembrança."

Por incrível que pareça, Allie se viu em uma encruzilhada, seguiria sua vida com o noivo e faria o que sua família queria e desejava ou seguiria seu coração? Noah seria capaz de deixar Allie ir embora novamente, depois de ver que não viveriam sem aquela mulher?

Voltando para os idosos na casa de repouso, Duke esperou que a senhora respondesse com quem Allie ficaria. Ele sofre querendo ver a senhora e pouco depois descobrimos que eles dois são, na verdade, o casal do diário (ops. spoiler!)

"Mas já se apaixonara. Uma única vez, havia muito tempo. E essa experiência o mudara para sempre. O amor perfeito fazia isso com as pessoas, e aquele fora perfeito."

É lindo e tocante ver como, apesar de todos os anos passados e as dificuldades da velhice, Noah ainda luta diariamente para sentir o amor de sua esposa. Apesar de tudo, ele espera o milagre acontecer e sua Allie tomar consciência. Ele é instigado diariamente por esses pequenos momentos e isso é simplesmente lindo.

"Por isso, mais uma vez, assim como faço todos os dias, começo a ler o diário em voz alta para que ela possa ouvi-lo, na esperança de que o milagre que acabou tomando conta da minha vida aconteça de novo.
E talvez, apenas talvez, vá mesmo acontecer."

A história em si é alternada entre trechos do presente e futuro e, em um dado momento da história, nos damos conta de que os personagens do diário são os mesmos idosos que estão narrando. Não tem muita emoção, mas a história com sua escrita é tão singela que ficamos presos àquele casal e ao amor verdadeiro que os une.

Quanto à diagramação, devo dizer que fiquei muito encantada com a nova edição do livro, a capa é sutil e bela, as letras em tamanho adequado e as páginas amareladas finalizam para uma ótima leitura. Não verifiquei erros de revisão ou gramática, no geral, um ótimo trabalho da editora.

"Nós nos apaixonamos apesar das nossas diferenças e, quando isso aconteceu, algo raro e bonito se criou. Para mim, um amor assim só aconteceu uma vez, e é por isso que cada minuto que passamos juntos ficou gravado na minha memória. Nunca vou esquecer um único instante."

Enfim, trata-se de um livro curto, mas intenso, para os românticos incuráveis, esta é a melhor escolha. Para quem ainda não assistiu o filme, abaixo fiquem com alguns gifs dessa adaptação linda!


Espero que tenham curtido, beijos e até a próxima!



♥ Você também vai amar:

13 comentários

  1. Olá!
    Ainda não li o livro nem assisti ao filme, mas sei que vou me emocinar muito com esse livro. Nicholas Sparks criar histórias de amor que tocam o leitor de uma forma impressionante.
    Só fico triste pelo fato de muitos leitores não gostarem dos livros dele. Eu pretendo ler todos.

    Abraço!
    http://tudoonlinevirtual.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. ahhhh eu ainda não li e nem vi o filme, mas tenho certeza que é uma história que vai me fazer chorar! O Sparks tem essa proeza na gente! rsrsrs Adorei os gifs!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oieee!

    Não sou muito fã de Nicholas Sparks, mas esse foi um filme que marcou o começo de minha adolescência de uma forma muito forte. Anos depois, comprei o livro e li, achei que o filme tem muito mais emoção que o livro.
    Mas a história continua sendo linda de morrer.

    Beijos.
    Alana Marques
    colecionadoresdelivross.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oiii!!
    Estarei cometendo um crime se eu disse que nunca li Nicolas Sparks? Sim eu nunca li, na verdade me lembro vagamente de ter comprado Querido John anos atras, e ter pego para ler, mas logo no incio da leitura eu acabei abandonando o livro e depois disso nunca mais li nada do autor, eu acho que não era o momento sabe. Enfim Diário de uma paixão eu assisti o filme, umas 3/4 vezes eu acho, ele é lindo e maravilhoso, confesso que não tenho vontade de ler o livro, mas sua resenha está tão linda que deu até aquela vontadezinha!

    Beijinhos e bom final de semana!
    Amanhecer Literário

    ResponderExcluir
  5. Oii, tudo bem?

    Sinceramente, não gostei muito das novas capas para os livros do Nicholas Sparks, mas as histórias eu adoro, é claro. Essa história do Nicholas em especial é muito bonita, apesar de não ser uma das minhas preferidas, foi uma história que me encantou muito.

    Quando fui ler o livro eu já havia assistido o filme, então não sei se foi por isso, mas achei o filme mais emocionante, me fez chorar rios de lágrimas. De qualquer forma, o livro ainda sim é muito bom. *-*

    Beijos!!
    Abobrinha com Chocolate

    ResponderExcluir
  6. Olá, tudo bem?
    Já li ao livro e conferi a adaptações, ambos são incríveis. É um romance lindo de ser acompanhado. É impossível não desejar um amor tão lindo como o deste casal, afinal, enfrentou e de fato venceu as tantas dificuldades colocadas pelo tempo. Nicholas SSparks escreve muito! E, esse escrito dele é sem sombra de dúvidas um dos melhores.

    Até mais. http://realidadecaotica.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Oi Lilian, sua linda, tudo bem?
    Nossa, essa foi uma das histórias mais lindas que eu já vi. Eu não tive a oportunidade de ler o livro ainda, mas o filme, uau!!! Eu nunca iria imaginar aquela surpresa. E a intensidade do relacionamento deles? E a lealdade até o fim??? O companheirismo até o fim??? O amor ser realmente para sempre??? Adorei sua resenha!!!! Você me lembrou porque gosto tanto dessa historia!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oie
    Eu não lembrava dessa parte do Duke contando a historia...tambem faz tanto tempo que li essse livro.

    Acredita que ainda não assisti o filme?
    Amei a resenha

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  9. Não sou mais leitora do Nicholas, mas Diário de Uma Paião foi uma das obras dele que gostei. Foi uma das primeiras. O livro é incrível mesmo.

    www.papuff.com

    ResponderExcluir
  10. Oi flor, tudo bom?
    Ainda não tive a oportunidade de ler nada do Sparks, mas morro de curiosidade. Não sou muito chegada a drama, prefiro romances fofinhos com finais felizes :P
    Adorei sua resenha!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi! Esse livro é maravilhoso, ele e um amor para recordar é de cortar o coração. Bjos ❤

    Click Literário

    ResponderExcluir
  12. Oie,

    Eu adoro esse filme!!! Acho que não tem uma pessoa que não assista e goste. O livro eu já não tenho tanta curiosidade em ler. Tenho a impressão de que o filme foi bem adaptada e por isso não fico com vontade. Mas e algum momento eu farei essa leitura sim, só não sei quando.

    Bjs, @dnisin
    www.sejacult.com.br

    ResponderExcluir